Lucro da XP sobe 76% em 2021, para recorde de R$ 4 bilhões

Base de clientes ativos cresceu para 3,4 milhões, aumento de 23%

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A XP Inc. registrou lucro líquido ajustado de R$ 4 bilhões em 2021, valor recorde na história da empresa e que corresponde a um crescimento de 76% na comparação com o ano anterior, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (8).

A base de clientes ativos cresceu para 3,4 milhões, aumento de 23% ante dezembro de 2020 e de 3,6% frente a setembro do ano passado. Apesar do avanço, houve desaceleração no ritmo de novas entradas nos últimos meses de 2021.

"A captação líquida média mensal caiu 23%, de 52 mil no terceiro trimestre para 40 mil no quarto trimestre, resultado impactado principalmente por um crescimento mais lento na Clear, devido a um momento menos favorável no mercado de ações", diz a empresa no balanço de resultados.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, a B3, encerrou o ano passado com queda de 11,9%.

Thiago Maffra, presidente da XP
Thiago Maffra, presidente da XP - Gabriel Cabral - 10.mai.2021/Folhapress

O total de ativos sob custódia alcançou R$ 815 bilhões em dezembro, um crescimento de 23% em relação ao mesmo período em 2020, impulsionado por um volume de R$ 230 bilhões de captação líquida e com um impacto negativo de R$ 75 bilhões gerado pela depreciação nos preços dos ativos no mercado.

Já a carteira de crédito da XP atingiu R$ 10,2 bilhões, um crescimento de 164% na comparação ano contra ano.

"Em 2021, aceleramos o crescimento em novas verticais de negócios, como cartão, crédito e seguros, sendo que em alguns casos já é possível ver com clareza a relevância delas em nosso resultado", afirmou Thiago Maffra, presidente da XP Inc.

Em relação à rede de AAIs (agentes autônomos de investimento), a adição bruta no ano foi de 4.409 novos assessores, contra 3.724 em 2020, um aumento de 18%. Na média, 370 novos assessores autônomos se conectaram à rede da XP por mês.

"Estamos convencidos de que o mercado brasileiro tem um enorme potencial para disrupção e crescimento. Nesse contexto, entendemos que a combinação perfeita para atingirmos nossos objetivos de longo prazo é educação financeira, uma grande variedade de produtos de alta qualidade e baixo custo e uma experiência única aos clientes", disse Maffra.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.