Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/04/2011 - 09h41

PF deflagra operação contra fraude no INSS que supera R$ 120 mi

Publicidade

DE SÃO PAULO

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira a operação "Highlander", em conjunto com a Delegacia de Polícia Federal em Niterói e do Ministério da Previdência Social, para cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 30 mandados de busca e apreensão.

O prejuízo causado à Previdência Social é estimado em cerca de R$ 600 mil por mês, considerando-se apenas os benefícios ativos no INSS. Ao todo, o esquema fraudulento causou perdas superiores a R$ 120 milhões aos cofres públicos, retroagindo-se os valores apenas a 1994, sem contabilizar juros e correção monetária nesse período.

A investigação, que começou em 2009 a partir de uma denúncia anônima, teve como foco apurar a existência de uma quadrilha que teria centenas de cartões de benefícios previdenciários.

As fraudes ocorreram entre 1983 e 1994, antes da informatização do INSS, com a criação de beneficiários fictícios, por meio do reaproveitamento de benefícios já cessados e a manipulação dos dados. Para perpetuar o benefício, a data de nascimento do segurado "fantasma" era periodicamente alterada.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página