Veja dicas para vender de última hora na Black Friday

Para especialistas, até quem não se preparou para atuar na data deve considerar participar; confira cuidados

São Paulo

Cerca de 75% dos micro e pequenos empresários esperam que a Black Friday, que acontece 27 de novembro, possa salvar o faturamento do ano, segundo levantamento feito com 1.500 participantes pela startup Vhsys com a Stone, plataforma de pagamento e gestão.

Para especialistas, até quem não se preparou para atuar na data deve considerar uma participação de última hora —é preciso, porém, tomar alguns cuidados. Confira abaixo.

Resgate outras datas sazonais

Relembre como foi a atuação em outros períodos movimentados, como o Natal, diz Ivan Tonet, do Sebrae. Use, então, essas informações para definir como a promoção, a comunicação e a atuação da equipe serão feitas; lembre-se de acionar sua base de clientes

Não tenha o olho maior do que o estoque
Cuidado para não vender mais do que tem no estoque, o que pode causar prejuízos; como alternativa, converse com o fornecedor e entenda quais produtos ele tem disponibilidade para trabalhar com margem de segurança

Atenda bem também no online
Dimensione a equipe para cuidar bem dos canais digitais. Se necessário, contrate pessoal extra ou até desloque funcionários; crie uma estratégia e faça um pequeno treinamento, para não deixar qualidade cair, diz Alberto Guerra, especialista em Black Friday

Não atrase a entrega
Além de preço, o consumidor da Black Friday também está sensível a outras variáveis, como data da entrega. Por isso, verifique antes da venda qual prazo de entrega consegue cumprir; exceder o combinado causa má impressão e pode gerar avaliações negativas

Deixe a empresa localizável
Confira se as informações de contato, endereço e horário de funcionamento estão atualizadas para não perder vendas

Faça uma revisão no ecommerce
É difícil fazer mudanças de grande porte no site de última hora, mas dá para recapitular itens que podem salvar vendas, diz Ricardo Melo, gerente de marketing da HostGator. Cheque se há links que não funcionam, fotos que não carregam e descrições de produtos mal feitas ou com letras pequenas ​

Comunicação em sintonia
Crie campanhas especiais para Black Friday nas redes sociais, site e email marketing com a mesma identidade visual, colocando o desconto ou vantagem em evidência

Cuide da segurança
Ataques contra sites e redes sociais são comuns na data, diz Ricardo Melo, gerente de marketing da HostGator. Para preveni-los, as senhas de acesso devem ser dadas apenas à equipe de confiança; também vale resetar a senha na semana da promoção, prestando atenção às recomendações que aumentam a segurança da identificação

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.