Descrição de chapéu Governo Trump Donald Trump

Governo Trump chega a acordo com a Boeing para comprar novo Air Force One

EUA pagarão US$ 3,9 bilhões para comprar os dois novos aviões presidenciais

Washington | Reuters

O presidente americano, Donald Trump, chegou a um acordo com a Boeing para a compra de duas novas unidades do Air Force One, o avião presidencial americano, por US$ 3,9 bilhões (R$ 12,6 bilhões).

"O presidente Trump fez um acordo informal em um contrato de preço-fixo para o novo programa do Air Force One", disse o vice-secretário de imprensa da Casa Branca, Hogan Gidley, nesta terça-feira (27)

Segundo ele, a medida vai economizar US$ 1,4 bilhão (R$ 4,5 bilhões) dos cofres públicos —não foram apresentados dados para confirmar a informação.  

O presidente americano Donald Trump acena antes de embarcar no Air Force One na Flórida
O presidente americano Donald Trump acena antes de embarcar no Air Force One na Flórida - Jim Watson - 19.fev.2018/AFP

O presidente começou a negociar com a Boeing após afirmar que o custo apresentado pela empresa para substituir os atuais Air Force One no acordo inicial de 2015 era muito alto. Nas redes sociais, Trump chegou a defender que o governo federal cancelasse o pedido

"O presidente Trump negociou um bom acordo em nome do povo americano", afirmou a Boeing em um comunicado. 

O analista do setor aeroespacial e vice-presidente da consultoria Teal Group Richard Aboulafia, porém, disse para a agência de notícias Reuters que as afirmações da Casa Branca são um "teatro político" e que não há evidências de que houve algum tipo de desconto no valor.  

Documentos divulgados pelo Pentágono este mês mostraram que o orçamento reservado em 2018 para a compra das duas aeronaves Air Force One era exatamente de US$ 3,9 bilhões. Em 2017 o valor sem ajuste de inflação era de US$ 3,6 bilhões (R$ 11,7 bilhões).  

Segundo Aboulafia, a Boeing tem uma margem limitada para dar descontos devido as especificidades das aeronaves presidenciais.

O Air Force One é desenvolvido para voar em qualquer cenário, incluindo uma guerra nuclear, possui um sistema de defesa especial equipado com mísseis e é adaptado para receber equipamentos militares. 

Segundo a empresa, o acordo fechado nesta terça engloba o desenvolvimento e a construção de dois aviões modelo 747-8 com uma série de modificações, que incluem um sistema de comunicações, escadas internas e externas e corredores mais largos.

Não foi divulgado um prazo de quando o pedido será entregue. Os dois aviões usados atualmente pelo presidente americano foram entregues em 1990. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.