Migrantes se arriscam em viagens sobre trens no México

Fugindo da violência na América Central, imigrantes se arriscam em travessia até os EUA

 
São Paulo

Com índices de violência comparáveis aos de países em guerra,as três nações do Triângulo Norte da América Central (Honduras, Guatemala e El Salvador) assistem à fuga de centenas de milhares de pessoas que tentam alcançar os Estados Unidos em busca de emprego e melhores condições de vida.

Segundo o Acnur, comissariado das Nações Unidas para refugiados, cerca de meio milhão de migrantes saíram desta região pelo México em 2016.

Eles viajam em grupos com centenas de pessoas, para aumentar a segurança. Além da insalubridade da viagem, há o medo da violência dos cartéis de drogas e dos atravessadores.

O fotógrafo da Reuters, Edgar Garrido, acompanhou uma destas caravanas pelo interior do país.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.