Havaianos recebem alerta de abrigo após erupção de vulcão Kilauea

Defesa civil recomenda que a população se proteja da queda de cinzas

Pluma vulcânica liberada por fissuras do vulcão Kilauea, no Havaí
Pluma vulcânica liberada por fissuras do vulcão Kilauea, no Havaí - AFP
Pahoa (Havaí)

Uma erupção explosiva jogou cinzas a uma altura de 9.000 metros acima do vulcão Kilauea, no Havaí, nesta quinta-feira (17), e moradores da Grande Ilha (a maior do arquipélago) receberam alertas para buscar abrigo, uma vez que a pluma vulcânica englobou uma grande área.

"O Observatório de Vulcões do Havaí reporta que uma erupção explosiva no cume do Kilauea ocorreu", disse a defesa civil do condado do Havaí em alerta via telefone. "A pluma de cinzas resultante cobrirá a área ao redor. Busque abrigo se você está no caminho da pluma."

A erupção não foi ouvida na vila de Pahoa, cerca de 40 quilômetros abaixo do lado leste do vulcão, mas o ar cheirava a enxofre e havia uma neblina meio fumaçenta de cinzas, disse um repórter da Reuters que estava na vila.

Era esperado que a forte explosão jogasse pedaços maiores de cinzas vulcânicas e fumaça da cratera do Kilauea.

O vulcão destruiu 37 casas e outras estruturas em uma pequena área no sudeste da ilha e forçou cerca de 2.000 pessoas a deixarem suas casas.

Reuters

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.