Lava do vulcão Kilauea ameaça usina de energia geotérmica no Havaí

Poços foram resfriados e fechados com tampas para evitar vazamento de gases tóxicos

Pahoa (Havaí) | Associated Press

​Dutos de produção em uma usina de energia geotérmica foram fechados devido à lava e aos gases tóxicos do vulcão Kilauea, no Havaí.

lava de uma fissura entrou na área da usina geotermal de Puna, e existe a preocupação de que o material estrague equipamentos da usina ou atinja produtos químicos usados na produção. 

Dez poços foram resfriados com água para conter a pressão do vapor vulcânico de fissuras abaixo dos dutos. Um poço continuou registrando altas temperaturas mesmo depois do uso de água e por isso foi fechado com lama. Também foram colocadas tampas de metal em alguns dos poços, que chegam a ter mais de 2.000 metros de profundidade.

Segundo o governador do Havaí, David Ige, todos os poços estão estáveis e possíveis vazamentos de gases tóxicos estão sendo monitorados. Se houver um aumento nos níveis de gases tóxicos na área, pode ser necessário retirar moradores do local, segundo autoridades.

A usina geotérmica foi desativada pouco depois da erupção do Kilauea em 3 de maio. O local aproveita o calor e o vapor gerado nas profundidades da terra para gerar energia com turbinas. O processo usa um gás inflamável chamado pentano —os responsáveis pela usina dizem ter retirado 190 mil litros do composto do local para evitar explosões.

A usina, inaugurada em 1989, gera cerca de 38 MW de energia, ou um quarto da demanda diária da ilha. A planta é alvo de críticas de havaianos nativos desde o início: eles dizem que a usina foi construída em solo sagrado e que é uma ofensa à deusa Pele, que vive no Kilauea.

A energia geotérmica é considerada uma das mais limpas, já que não gera gases causadores do efeito estufa.

Cerca de 50 casas e imóveis já foram destruídos pela lava do Kilauea. A lava também está chegando ao mar, causando explosões que podem atingir barcos quando o composto é resfriado rapidamente pela água.

No final de semana, um homem foi atingido por um pedaço de lava e quase perdeu a perna; ele foi o primeiro a ter ferimentos causados pelos efeitos do vulcão.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.