Descrição de chapéu boko haram terrorismo

Militares nigerianos dizem ter resgatado mil reféns do Boko Haram

Vítimas, em sua maioria mulheres e crianças, estavam em quatro vilarejos

Lagos | Associated Press

Militares nigerianos disseram nesta segunda-feira (7) ter resgatado mais de mil pessoas mantidas reféns pelo grupo terrorista Boko Haram.

Os reféns foram resgatados de quatro vilarejos na área de Bama, no estado de Borno, no nordeste do país. Os sequestrados eram em sua maioria mulheres e crianças, segundo os militares; alguns dos homens feitos reféns haviam sido obrigados a lutar pelo grupo.

O Boko Haram já fez milhares de reféns em sua campanha de insurgência jihadista, que já dura nove anos, em especial de mulheres e meninas.

Algumas das vítimas, como parte das meninas sequestradas de uma escola em Chibok em 2014, seguem desaparecidas.

O Boko Haram tem a intenção de estabelecer um governo islâmico e é conhecido por atentados violentos no país e também por sequestrar e escravizar meninas e mulheres.

Cerca de 20 mil pessoas foram mortas pelo Boko Haram desde 2009; a violência do grupo também já levou mais de 2 milhões a deixarem suas casas no país.

Em 2014, o Boko Haram foi responsável pelo sequestro de quase 300 estudantes em Chibok, das quais cem ainda estão em seu poder.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.