Casal britânico foi contaminado por mesmo agente tóxico que espião, diz polícia

Homem e mulher estão hospitalizados após serem encontrados inconscientes

Centro comunitário batista é isolado em Amesbury, na Inglaterra - Geoff Caddick/AFP
Londres | Reuters e AFP

Dois britânicos hospitalizados em estado crítico após serem encontrados inconscientes na cidade inglesa de Salisbury foram expostos ao agente neurotóxico  Novitchok —o mesmo com que foram envenenados um espião russo e sua filha nessa mesma cidade, informou a polícia britânica nesta quarta-feira (4).

"Recebemos nesta noite os resultados das análises que indicam que as duas pessoas foram expostas ao agente neurotóxico Novitchok", disse em um comunicado Neil Basul, chefe da agência antiterrorista britânica. 

O casal, uma mulher de 44 anos um homem de 45, foram encontrados em Amesbury, a 11 km de distância de onde Serguei Skripal e sua filha Iulia foram atacados, em março. 

A polícia antiterrorismo está a cargo das investigações.

O casal foi identificado pela imprensa britânica como sendo Charlie Rowley e Dawn Sturgess. No início, autoridades pensaram que se tratava de um incidente com drogas, até que que ficaram alarmados com os sintomas apresentados pelo casal.

Segundo Basul, não está claro como as duas pessoas entraram em contato com a substância nem se elas foram especificamente alvejadas. 

"A prioridade da investigação agora é estabelecer como essas duas pessoas entraram em contato com essa substância", afirmou Basul. 

"Acrescento que a complexa investigação sobre a tentativa de assassinado de Iulia e Serguei continua, e os detetives continuam vasculhando e avaliando todas as evidências disponíveis para identificar os responsáveis por esse que é um ato criminoso bárbaro e ousado", disse. ​

Ao menos sete áreas diferentes foram isoladas, entre elas um parque uma propriedade em Salibury, e uma farmácia e um centro comunitário de uma igreja Batista em Amesbury.

O Reino Unido acusou a Rússia pelo envenenamento dos Skripal. O ataque levou a uma onda de expulsões de diplomatas de ambos os lados e de países aliados. 

A autoridade médica britânica informou que o risco para o público permanece baixo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.