Novo ministro da Justiça toma posse no Peru após escândalo no judiciário

Gravações de juízes discutindo trocas de favores foram veiculadas pela mídia peruana

Reuters

Neste sábado (21), Vicente Zeballos tomou posse em Lima como novo ministro da Justiça e dos Direitos Humanos peruano após uma crise que se instalou no judiciário do país.

Na última quinta, os peruanos fizeram protestos nas ruas das maiores cidades do país pedindo reformas anticorrupção. Eles portavam imagens de ratos e de urubus.

O presidente peruano, Martin Vizcarra, demitiu, na sexta (20), seu ministro da Justiça, Salvador Heresi. A TV peruana divulgou um áudio de uma conversa do ministro com um juiz que está sendo investigado por tráfico de influência.

O áudio faz parte de uma série de conversas de juízes grampeadas pela polícia. Nelas, juízes discutem planos para troca de favores, ajuda a criminosos condenados e garantia de empregos para amigos.

Um dos juízes foi preso e outro foi proibido de deixar o Peru. Todos negam as acusações.

O presidente do Peru, Martin Vizcarra (à esq.) e o novo ministro da Justiça, Vicente Zeballos, em cerimônia de posse em Lima, no sábado (21) - Teo Bizca/AFP
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.