EUA anunciam sanções a Moscou por envenenamento de russos

Washington atribui ao Kremlin contaminação de Serguei Skripal e sua filha, no Reino Unido

Iulia Skripal, após sair do hospital depois de ter sido envenenada em Salisbury, na Inglaterra - Dylan Martinez - 23.mai.18/Associated Press
Washington

Os EUA anunciaram nesta quarta-feira (8) que vão impor novas sanções contra a Rússia até o fim de agosto por causa do envenenamento de um ex-espião russo e de sua filha, no Reino Unido, atribuído a Moscou. O Kremlin nega.

Serguei Skripal e sua filha, Iulia, foram contaminados pelo agente neurotóxico Novitchok, em Salisbury, na Inglaterra.

A Rússia “usou armas químicas e biológicas em violação da lei internacional, ou usou armas químicas ou biológicas contra seus próprios nacionais”, afirmou a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.

As sanções cobririam bens de segurança nacional, disse uma fonte do departamento, estimando o prejuízo em “centenas de milhares de dólares”.

Atividades de cooperação espacial e de segurança de aviação comercial seriam isentas. 
 

Reuters
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.