Descrição de chapéu Governo Trump

Melania Trump diz ser a pessoa que mais sofre bullying no mundo

Primeira-dama afirma que ela e marido não confiam em todos na Casa Branca

A primeira-dama dos EUA, Melania Trump, visita pirâmides próximo a Cairo, no Egito - Carolyn Kaster - 6.out.18/Associated Press
Washington | Associated Press

A primeira-dama dos EUA, Melania Trump, afirmou que deve ser a "pessoa que mais sofre bullying" no mundo, a julgar pelo que "as pessoas dizem sobre mim".

"Poderia dizer que eu sou a pessoa que mais sofre bullying no mundo", afirmou em entrevista para promover o programa Be Best, que combate o bullying on-line.

Segundo ela, o programa foca nas medias sociais e no comportamento on-line em parte devido ao que as pessoas dizem a respeito dela.

"Precisamos educar as crianças para o comportamento emocional social para que, quando cresçam, saibam como lidar com essas questões", afirmou.

O presidente Donald Trump frequentemente debocha de pessoas nas redes sociais e faz comentários sobre suas aparências ou suposta falta de inteligência.

A primeira-dama disse ainda que há pessoas na Casa Branca em que ela e seu marido não podem confiar.

Ela não deu nomes, mas afirmou ter alertado o marido sobre essas pessoas.

"Bom, algumas pessoas já não trabalham mais lá", disse.

Questionada sobre se ainda há pessoas não confiáveis na Casa Branca, ela disse apenas: "Sim".

Em uma entrevista nesta quinta na Fox News, o presidente foi questionado sobre a afirmação da sua mulher.

"Eu não conhecia ninguém em Washington, e agora conheço todo mundo. Conheço algumas pessoas que gostaria que não tivesse conhecido", afirmou. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.