Prêmio Nobel da Paz é entregue desde 1901; veja quem foram os ganhadores

Entregue por comissão dos reinos sueco e norueguês, láurea é a mais importante para líderes mundiais

Medalha dourada do Nobel aparece sob fundo preto
Medalha do Nobel da Paz de 2010, que foi concedida ao líder dissidente chinês Liu Xiaobo - Berit Roald - 10.dez.10/Scanpix Norway/AFP
São Paulo

Láurea mais importante para dirigentes mundiais, o Prêmio Nobel da Paz passou a ser entregue pelo comitê das famílias reais da Suécia e da Noruega desde 1901. A maioria dos premiados é considerada incontestável por sua contribuição para a paz no mundo tendo finalizado ou mediado guerras e conflitos.

A comissão julgadora, porém, é questionada pela escolha de alguns dos premiados, como o ex-presidente dos EUA Barack Obama (2009) em seu primeiro ano de mandato e a União Europeia (2012) no momento em que o bloco era mais questionado.

Veja a seguir quem foram os ganhadores do Nobel da Paz.

2002 Jimmy Carter (EUA)

O presidente americano teve atuação decisiva no Acordo de Camp David e foi reconhecido pelo trabalho de solução pacífica de conflitos internacionais, promoção da democracia e dos direitos humanos

1993 Nelson Mandela e Frederik Willem de Klerk (África do Sul)

O líder do movimento negro sul-africano e o último presidente do apartheid ganharam o prêmio devido ao fim da política racial e às negociações para a refundação política do país.

1992

Rigoberta Menchú Tum (Guatemala)

1979 Madre Teresa de Calcutá (Macedônia-Índia)

Religiosa recebeu o prêmio "pelo trabalho realizado na luta por superar a pobreza e a angústia, que também constituem uma ameaça à paz". Ela, porém, foi questionada anos depois pela falta de remédios e insumos médicos nas casas que mantinha na Índia. 

1978
Mohamed Anwar al-Sadat (Egito) e Menachem Begin (Israel)

1977
Anistia Internacional

1976
Betty Williams e Mairead Corrigan (Irlanda do Norte)

1975

Andrei Dmitrievich Sakharov (Rússia) 

1974
Seán MacBride (Irlanda) e Eisaku Sato (Japão)

1973 Henry A. Kissinger (EUA) e Le Duc Tho (Vietnã)

Os dois foram premiados devido a um cessar-fogo na Guerra do Vietnã atingido em janeiro daquele ano, embora o conflito tenha terminado oficialmente em 1975. No entanto, o secretário de Estado na mesma época os EUA realizavam a Operação Condor e bombardeavam o Camboja. 

1972
Não houve laureados

1971
Willy Brandt (Alemanha)

1970
Norman E. Borlaug (EUA)

1969
Organização Internacional do Trabalho (OIT)

1968
René Cassin (França)

1967
Não houve laureados

1966
Não houve laureados

1965
Unicef

Luther King aparece à direita de perfil, sério, enquanto Coretta sorri à esquerda dele
Martin Luther King e sua mulher, Coretta, participavam de evento um dia antes da entrega do Prêmio Nobel da Paz em Oslo, na Noruega - 9.dez.64/AFP

1964 Martin Luther King Jr. (EUA)

O líder da luta pelos direitos civis nos EUA foi laureado um ano depois do discurso "I have a dream", que reuniu 250 mil pessoas, enquanto ele ainda era observado pelo FBI na lista de suspeitos de comunismo. Luther King seria morto em 1968.

1963
Comitê Internacional da Cruz Vermelha e Liga Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha

1962
Linus Carl Pauling (EUA)

1961
Dag Hjalmar Agne Carl Hammarskjöld (Suécia)

1960
Albert John Lutuli (África do Sul)

1959
Philip J. Noel-Baker (Reino Unido)

1958
Georges Pire (Bélgica)

1957
Lester Bowles Pearson (Canadá)

1956
Não houve laureados

1955
Não houve laureados

1954
Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur)

1953
George Catlett Marshall (EUA)

1952
Albert Schweitzer (França-Alemanha)

1951
Léon Jouhaux (França)

1950
Ralph Bunche (EUA)

1949
Lord (John) Boyd Orr of Brechin (Escócia)

1948
Não houve laureados

1947
Conselho da Sociedade dos Amigos (Quakers) e Comitê Americano da Sociedade dos Amigos (Quakers)

1946
Emily Greene Balch e John Raleigh Mott (EUA)

1945
Cordell Hull (EUA)

1944
Comitê Internacional da Cruz Vermelha

1943
Não houve laureados (Segunda Guerra Mundial)

1942
Não houve laureados (Segunda Guerra Mundial)

1941
Não houve laureados (Segunda Guerra Mundial)

1940
Não houve laureados (Segunda Guerra Mundial)

1939
Não houve laureado (Segunda Guerra Mundial)

1938
Comitê Internacional Nansen para Refugiados

1937
Robert Cecil (Reino Unido)

1936
Carlos Saavedra Lamas (Argentina)

1935
Carl von Ossietzky (Alemanha)

1934
Arthur Henderson (Reino Unido)

1933
Ralph Lane (EUA)

1932
Não houve laureados

1931
Jane Addams e Nicholas Murray Butler (EUA)

1930
Nathan Söderblom (Suécia)

1929
Frank Billings Kellogg (EUA)

1928
Não houve laureados

1927
Ferdinand Buisson (França) e Ludwig Quidde (Alemanha)

1926
Aristide Briand (França) e Gustav Stresemann (Alemanha)

1925
Austen Chamberlain (Reino Unido) e Charles Gates Dawes (EUA)

1924
Não houve laureados

1923
Não houve laureados

1922
Fridtjof Nansen (Noruega)

1921
Karl Hjalmar Branting (Suécia) e Christian Lous Lange (Noruega)

1920
Léon Victor Auguste Bourgeois (França)

1919
Thomas Woodrow Wilson (EUA)

1918
Não houve laureados (Primeira Guerra Mundial)

1917
Comitê Internacional da Cruz Vermelha

1916
Não houve laureados (Primeira Guerra Mundial)

1915
Não houve laureados (Primeira Guerra Mundial)

1914
Não houve laureados (Primeira Guerra Mundial)

1913
Henri La Fontaine (Bélgica)

1912
Elihu Root (EUA)

1911
Tobias Michael Carel Asser (Holanda) e Alfred Hermann Fried (Áustria)

1910
Gabinete Internacional Permanente para a Paz

1909
Auguste Marie François Beernaert (Bélgica) e Estournelles de Constant (França)

1908
Klas Pontus Arnoldson (Suécia) e Fredrik Bajer (Dinamarca)

1907
Ernesto Teodoro Moneta (Itália) e Louis Renault (França)

1906
Theodore Roosevelt (EUA)

1905
Bertha von Suttner (Áustria)

1904
Instituto de Direito Internacional

1903
William Randal Cremer (Reino Unido)

1902
Élie Ducommun e Charles Albert Gobat (Suíça)

1901
Jean Henry Dunant (Suíça) e Frédéric Passy (França)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.