Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Ernesto Araújo nomeia embaixador ligado ao Mercosul como seu número dois

Otávio Brandelli dirige Departamento de Mercosul das Relações Exteriores

Talita Fernandes
Brasília

O futuro ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo​, escolheu o embaixador Otávio Brandelli para ser o número dois de sua pasta.

Brandelli é diretor do Departamento de Mercosul do Ministério de Relações Exteriores e foi anunciado como futuro Secretário-Geral por meio das redes sociais de Araújo, na noite desta quarta-feira (5).

"Tenho a alegria de anunciar o embaixador Otávio Brandelli, diplomata de competência e dedicação amplamente reconhecidas, para futuro Secretário-Geral das Relações Exteriores. Será meu braço direito para implementar a política externa do presidente [eleito, Jair] Bolsonaro", escreveu.

O Mercosul já foi alvo de críticas de Bolsonaro e de seu futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. O economista disse em entrevista recente que o bloco não será prioridade no próximo governo.

O diretor do Departamento do Mercosul, Otávio Brandelli, em evento do Parlamento do Mercosul - Roque de Sá-08.ago.2017/Agência Senado

Brandelli já foi presidente do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) e é diplomata de carreira do Itamaraty. 

Ele se reuniu na tarde desta quarta com Araújo no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), onde funciona o gabinete do governo de transição.

Como diretor do departamento do Mercosul do Itamaraty, defendeu um bloco fortalecido enquanto Bolsonaro e seu entorno pregam uma aproximação com países como Israel e Estados Unidos.

Na visão de alguns aliados do presidente eleito, as relações comerciais do Brasil com os vizinhos da América do Sul trazem um viés ideológico de esquerda, herança das gestões do PT. 

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.