Descrição de chapéu Governo Trump Natal

'Você ainda acredita em Papai Noel?', pergunta Trump a criança de 7 anos

Presidente e primeira-dama receberam telefonemas de crianças em evento tradicional de Natal

O presidente dos EUA, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, participam de telefonemas do rastreador Norad Santa, na Casa Branca, em Washington - Jonathan Ernst/Reuters
Washington | Associated Press

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, receberam, na véspera de Natal, telefonemas de crianças ansiosas para descobrir onde o Papai Noel estava em sua jornada para entregar presentes pelo mundo.

Todo ano, o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad, na sigla em inglês) divulga que monitora em tempo real a viagem do 'bom velhinho' ao redor do mundo, em uma tradição que existe desde 1955.

Alguns telefonemas foram transferidos para Trump e Melania. Em uma das conversas, o presidente perguntou a uma menina de 7 anos chamada Collman Lloyd: "Você ainda acredita em Papai Noel?" Ele escutou por um momento e acrescentou: "Porque aos 7 anos, é raro, certo?".  

Posteriormente, em entrevista a um jornal local, Collman disse que não sabia o que queria dizer “marginal”, palavra usada por Trump que significa “raro”, e simplesmente respondeu: “Sim, senhor.”  Trump riu, antes de dizer: “Bem, divirta-se.”


A família da menina postou um vídeo da ligação no You Tube. Collman afirmou ao jornal local que ela, seu irmão de cinco anos e a irmã de 10 anos deixaram cookies e leite com achocolatado para o Papai Noel na véspera de Natal.

Segundo ela, na manhã de Natal, a comida tinha desaparecido e os presentes estavam embaixo da árvore. 
 

Melania disse a uma criança que Papai Noel estava no Saara. Alguns minutos depois, falou que ele estava no Marrocos, mas na manhã de Natal já estaria na casa dela.

Pelo Twitter, a primeira-dama disse que ajudar as crianças a rastrear o Papai Noel está se tornando uma de suas tradições favoritas.

O episódio com a menina Collman causou celeuma nas redes com a falta de tato do presidente —que tem cinco filhos, o caçula de 12 anos.

“Crianças, por favor, não leiam este texto sobre o que o presidente Trump disse sobre o Papai Noel”, titulou o jornal The New York Times.

O comediante Ira Madison escreveu: “Qualquer criança que queira conversar com Donald Trump merece ter a fantasia arruinada”. 

O popular humorista George Takei brincou, aludindo às recentes defecções no governo: “Infelizmente, nesta manhã o Papai Noel apresentou seu pedido de demissão, e, até que o Senado confirme um substituto, o interino será o Grinch, grande doador da campanha Trump 2020”.

Administrado por voluntários, o programa de monitoramento do Norad usa financiamento pré-aprovado e não foi afetado pela paralisação parcial do governo.

Após a ação com crianças, Donald Trump e a mulher foram para a Catedral Nacional de Washington assistir à missa da Eucaristia de Natal. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.