Descrição de chapéu Coreia do Norte

Coreia do Norte reconstrói base de mísseis que havia prometido desativar

Notícia chega após fracasso de segunda cúpula entre os líderes dos dois países

Washington | Reuters

A Coreia do Norte está reconstruindo parte de uma base de lançamento de mísseis que já havia começado a desmontar depois de prometê-lo na primeira cúpula sobre desnuclearização com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em junho de 2018. As informações são da agência de notícias sul-coreana Yonhap e de dois think tanks americanos e foram divulgadas nesta terça (5).

Segundo a agência de notícias, as obras estavam sendo feitas na base de Tongchang-ri e envolviam a troca de um telhado e de uma porta de uma construção no local. Imagens de satélite obtidas pelo 38 Norte, um projeto da Coreia do Norte baseado em Washington, mostraram que as estruturas no local de lançamento de projéteis foram reconstruídas entre 16 de fevereiro e 2 de março. 

A notícia vem apenas alguns dias depois de um segundo encontro entre os líderes dos dois países, dias 27 e 28 fevereiro, em Hanói, no Vietnã. A reunião terminou mais cedo do que o previsto porque os dois lados não chegaram a um acordo sobre a desnuclearização da Coreia do Norte e sobre a retirada de sanções impostas pelos EUA ao país asiático.

Também na terça (5), o assessor de Segurança Nacional do presidente Trump, John Bolton, disse para o canal Fox Business Network que os Estados Unidos aumentarão as sanções econômicas contra ao país caso Pyongyang não elimine seu programa de armas nucleares. 

 
"Se eles não o quiserem fazer, então acredito que o presidente Trump foi muito claro. Eles não terão alívio das terríveis sanções econômicas que lhes foram impostas", disse Bolton.

Contudo, uma fonte do governo americano afirmou que as obras não parecem ser particularmente alarmantes —certamente não em uma escala que prometa recomeçar os testes com mísseis que foram suspensos em 2017.

Na quarta (6), o presidente norte-americano disse que ficaria desapontado com o líder norte-coreano caso a notícia da reconstrução da base de mísseis se confirme.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.