Descrição de chapéu Venezuela

Guaidó continua turnê sul-americana e chega ao Equador

Viagem tem o objetivo de conseguir apoio para a remoção do ditador Nicolás Maduro

Líder oposicionista Juan Guaidó encontra apoiadores durante visita à Argentina - Agustin Marcarian - 1.mar.2019/Reuters
São Paulo

O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, chegou neste sábado (2) ao Equador, onde se encontrará com o com o presidente Lenín Moreno. A visita faz parte de sua turnê pela América do Sul para pedir apoio para a remoção do ditador Nicolás Maduro. 

"Continua nossa turnê pelo fim da usurpação, pelo governo de transição e por eleições livres. Chegamos ao Equador para nos encontrar com o presidente Lenín [Moreno] para fortalecer ainda mais todo o apoio que temos recebido para nossa luta", escreveu Guaidó em uma rede social. 

O líder oposicionista está viajando pela região desde a última semana, quando se reuniu com chanceleres do Grupo de Lima na Colômbia. Desde então, ele também passou pelo Brasil, onde se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro, pela Argentina e pelo Paraguai.

Depois, ele seguirá para o Peru para se reunir com o mandatário Martín Vizcarra. 

A peregrinação tem o objetivo de reunir apoio pera a remoção de Maduro e para a condução de uma transição democrática em seu país. 

Ainda não se sabe, no entanto, como Guaidó regressará à Venezuela. Impedido por ordem da Justiça venezuelana de deixar o país, o líder oposicionista enfrentará a possibilidade de ser preso em sua volta. 

Ele tem reafirmado, porém, que gostaria de entrar pelo aeroporto de Maiquetía, em Caracas, e não numa travessia clandestina pela fronteira da Colômbia, como chegou a Cúcuta, na Colômbia, no último dia 23.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.