Autor de massacre na Nova Zelândia terá de passar por avaliação psiquiátrica

Juiz determina ainda que Brenton Tarrant, 28, fique sob custódia até junho

Christchurch (Nova Zelândia) | AFP e Reuters

O autor do ataque contra duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, terá de passar por uma avaliação psiquiátrica para determinar se está apto a enfrentar julgamento, decidiu nesta quinta-feira (4) o juiz responsável pelo caso.

Brenton Tarrant, 28, compareceu por vídeoconferência a audiência na Alta Corte de Christchurch. Cinquenta pessoas foram mortas no ataque em 15 de março. 

O juiz Cameron Mander determinou ainda que Tarrant permaneça sob custódia até 14 de junho. Ele está detido na prisão de segurança máxima de Auckland.

Segundo autoridades prisionais, Tarrant fica sob supervisão 24 horas por dia e não tem acesso à mídia. No vídeo, ele apareceu de algemas e sentado. 

Dezenas de familiares de vítimas e alguns sobreviventes compareceram à audiência, que durou cerca de 20 minutos. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.