Descrição de chapéu Venezuela

Deputados do PSL visitam fronteira com Venezuela para 'apurar impacto' de crise migratória

Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, está entre os parlamentares em Pacaraima (RR)

Angela Boldrini
Brasília

Um grupo de deputados do PSL, entre eles Eduardo Bolsonaro (SP), participa nesta terça-feira (30) de visita a Pacaraima (RR), cidade brasileira na fronteira com a Venezuela

A viagem é parte dos trabalhos da comissão externa sobre a crise de refugiados do país vizinho. O grupo parlamentar é formado quase exclusivamente pelo partido do presidente Jair Bolsonaro. 

De acordo com o plano de trabalhos do colegiado, a visita tem como objetivo "apurar os impactos, nos serviços públicos e na economia desse ente federado, causados pela migração de cidadãos venezuelanos". 

Eduardo Bolsonaro comanda a Comissão de Relações Exteriores da Casa e é membro da comissão sobre a crise imigratória, presidida por Nicoletti (RR).

"Na torcida para que Nicolás Maduro saia do poder seja lá como for. O pior que pode ocorrer é a sua manutenção no poder com apoio do tráfico de drogas, Hizbullah, Pranes, soldados da ditadura cubana e toda sorte de criminosos. Deus proteja os venezuelanos", escreveu Eduardo Bolsonaro nesta terça em suas redes sociais.

Os deputados chegaram a Boa Vista na segunda-feira (29) e foram a Pacaraima, centro da crise de refugiados, nesta terça. Participam da visita também General Girão (RN), Nicoletti e Delegado Pablo (AM). 

"Hoje em Roraima visitamos hospitais estaduais e municipais com o governo estadual e municipal. Dia que nos deixou mais próximos do caos que a narcoditadura de Nicolás Maduro faz na Venezuela e causa a atual crise migratória", afirmou o filho do presidente nas redes sociais. 

Na fronteira, os deputados se reunirão com o prefeito da cidade, Juliano Torquato (PRB), e farão visitas a abrigos e hospitais.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.