Explosão de pacote-bomba em Lyon, na França, deixa ao menos 13 feridos

Presidente francês, Emmanuel Macron, classificou episódio como ataque

Paris | AFP e Reuters

Uma explosão no centro de Lyon, no leste da França, deixou ao menos 13 feridos no fim da tarde (meio-dia no Brasil) desta sexta (24). 

Nenhuma das vítimas foi atingida com gravidade, mas onze delas tiveram que ser levadas ao hospital para receber tratamento. 

Segundo informações preliminares, uma mala abandonada estourou por volta das 17h30 em frente a uma padaria. 

A polícia trata o episódio como um ato intencional, deliberado. O presidente francês, Emmanuel Macron, que dava entrevista a um canal do YouTube no momento em que a notícia chegou, classificou o ocorrido como um ataque. Nenhum dos feridos corre risco de morte.

De acordo com uma fonte da polícia, o pacote-bomba continha parafusos e foi deixado em frente a um estabelecimento na esquina de duas ruas no coração da cidade, uma das maiores da França.

Um suspeito teria fugido de bicicleta e está sendo procurado pelas autoridades. O setor antiterrorista da procuradoria de Paris abriu uma investigação sobre o caso. 

Lyon tem cerca de 500 mil habitantes e fica na parte leste da França, a cerca de 460 km de Paris e a 150 km de Genebra, na Suíça. 

Especialista em bombas em área da cidade de Lyon, na França, na qual um pacote suspeito de ter uma bomba foi deixado
Especialista em bombas em área da cidade de Lyon, na França, na qual um pacote suspeito de ter uma bomba foi deixado - Philippe Desmazes/AFP
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.