Descrição de chapéu Governo Trump

Tesouro dos EUA se recusa a divulgar declaração de impostos de Trump

Na tradição americana, candidatos apresentam documentos de forma voluntária

Washington | AFP

O Tesouro dos Estados Unidos afirmou nesta segunda (6) que não entregará as declarações de impostos do presidente Donald Trump e de suas empresas ao Congresso.

Steven Mnuchin, secretário do órgão, afirmou em uma carta que não estava autorizado a fornecer as informações solicitadas, que incluem a renda pessoal do republicano e o desempenho financeiro de seus negócios.

Ele também afirmou que a solicitação “carece de interesse legítimo” e “envolve sérias questões constitucionais que poderiam afetar todos os contribuintes”.

O pedido é visto por deputados democratas como um primeiro passo para uma fiscalização da renda do presidente e de suas empresas —que alguns congressistas suspeitam que possa estar repletas de conflitos de interesse e possíveis violações da lei tributária americana.  

Mnuchin assinala na carta dirigida a Richard Neal, presidente da comissão parlamentar que supervisiona as questões fiscais, que solicitou uma avaliação do Departamento de Justiça.

A expectativa é que Congresso e Presidência travem uma batalha legal pelas declarações.

Desde o bom desempenho nas eleições de meio mandato, em 2018, o Partido Democrata controla a Câmara dos Deputados e tem lançado mão da prerrogativa da Casa de fiscalizar o Executivo.

Trump é o primeiro presidente dos EUA desde Richard Nixon a se negar a revelar suas declarações de renda.

Também nesta segunda, a popularidade de Trump chegou pela primeira vez desde o início de seu mandato à marca de 46%, segundo o Instituto Gallup. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.