Homem é detido após escalar Torre Eiffel

Acesso ao monumento, que foi fechado por várias horas, será liberado nesta terça (21)

Paris | AFP

Um homem foi detido nesta segunda-feira (20) após escalar a Torre Eiffel e permanecer por mais de seis horas agarrado a um de seus pilares, provocando a evacuação do monumento de 324 metros de altura. 

"O visitante que escalou a Torre Eiffel nas primeiras horas da tarde está sendo atendido por equipes de intervenção", afirmou a empresa que administra o marco parisiense, em um comunicado, por volta das 22h locais (17h no horário de Brasília).

Os motivos que o levaram a subir na torre não foram divulgados.

Homem que tentou escalar torre Eiffel, perto de bombeiro - Charles Platiau/Reuters

Mais cedo, a companhia havia informado que detectou uma pessoa subindo no monumento. "Este é o procedimento usual. Devemos impedi-la de continuar e, neste caso, a torre é evacuada", afirmou uma fonte, que não soube dizer quantos turistas foram retirados.

"A Torre Eiffel está atualmente fechada até novo aviso", afirmava, em francês e inglês, uma publicação postada na conta oficial do monumento no Twitter, recomendando que turistas adiassem a visita ao monumento.

Não é a primeira vez que uma pessoa tenta subir neste emblemático monumento. 

Em outubro de 2017, a torre foi completamente esvaziada devido à presença de um jovem que ameaçou cometer suicídio. 

A torre Eiffel, em foto de março de 2019 - Martin Bureau/AFP

A França, que atrai viajantes de todo o mundo por seus monumentos, cultura e gastronomia, recebeu 89,4 milhões de turistas estrangeiros no ano passado, mantendo assim sua posição como o principal destino do planeta. 

E a Torre Eiffel, que este ano celebra 130 anos desde a sua construção, é o monumento mais visitado com acesso pago no mundo, com sete milhões de ingressos por ano.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.