Descrição de chapéu Venezuela

Venezuela anuncia reabertura parcial de fronteira com a Colômbia

Divisa estava fechada desde fevereiro

Caracas | AFP

Nicolás Maduro disse nesta sexta-feira (7) que autorizou a reabertura da fronteira da Venezuela com a Colômbia no estado de Táchira (oeste) a partir deste sábado (8).

"No exercício pleno da nossa soberania, ordenei a abertura dos postos na fronteira com a Colômbia", escreveu ele em uma rede social.

Maduro ordenou o fechamento total das fronteiras terrestres com Brasil e Colômbia em fevereiro, diante da anunciada entrada de ajuda humanitária doada pelos Estados Unidos a pedido do líder opositor Juan Guaidó.

À época, as Forças Armadas —consideradas a base de sustentação política do regime— bloquearam as pontes binacionais e impediram a entrada da ajuda humanitária, em meio a distúrbios que deixaram sete mortos.

No dia 10 de maio, Maduro já havia decidido pela reabertura da fronteira terrestre com o Brasil.

O ditador não esclareceu se as pontes limítrofes serão liberadas para o transporte terrestre, proibido desde agosto de 2015, quando dois militares venezuelanos foram feridos por supostos contrabandistas.

Um dos três viadutos, conhecido como Tienditas, está bloqueado por contêineres e ainda não foi inaugurado. 

Em outros pontos da fronteira, como Paraguachón, no estado de Zulia, está autorizado apenas o trânsito de pedestres.

As relações entre Venezuela e Colômbia estão rompidas desde 23 de fevereiro, após o presidente Iván Duque apoiar Guaidó em sua ofensiva contra Maduro. Os dois países têm uma fronteira comum de 2.219 km.

Muitos venezuelanos cruzam diariamente a fronteira com a Colômbia por caminhos clandestinos para fazer compras no vizinho, devido à profunda escassez de produtos básicos na Venezuela.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.