Em jantar aos brados de 'a Amazônia é nossa', Eduardo Bolsonaro diz que o pai não baixa a cabeça

Encontro em Nova York aconteceu na véspera do discurso do presidente na ONU

Patrícia Campos Mello
São Paulo

O lutador de jiu-jitsu Renzo Gracie —que chamou o presidente da França, Emmanuel Macron, de "franga", e sua mulher, Brigitte, de “dragão”— entregou ao deputado Eduardo Bolsonaro uma homenagem da comunidade brasileira nos EUA para o presidente Jair Bolsonaro.

Eduardo representou o pai em jantar na noite desta segunda-feira (23) no restaurante Brazil Brazil 46, na Times Square, em Nova York, e recebeu a comenda Líder pelo Exemplo e Valores.

A homenagem seria um reconhecimento às ações de Bolsonaro “em prol da melhoria e salvação do nosso amado Brasil das garras comunistas".

"E por reconhecer que, sem os riscos assumidos por vossa excelência, hoje não teríamos mais um país livre”, discursou Gracie, que foi nomeado embaixador do turismo do Brasil pelo governo Bolsonaro.

Eduardo Bolsonaro em encontro na Casa Branca, em Washington
Eduardo Bolsonaro em encontro na Casa Branca, em Washington - Mandel Ngnan - 30.ago.19/AFP

O deputado agradeceu a homenagem e explicou a ausência do pai, por recomendações médicas após a quarta cirurgia depois de levar uma facada durante a campanha eleitoral.

Também disse que Bolsonaro estaria firme e forte em seu discurso da ONU, que ocorreu na manhã desta terça-feira (24).

“Espero que ele dê o recado que muita gente espera, e nós brasileiros também esperamos, para nos fazer respeitados pelo mundo inteiro”, disse o deputado.

“A gente tem um presidente que não fica baixando a cabeça para outros líderes de outros países, que a gente sabe que existem muitos interesses atrás do Brasil, não só minerais, questões indígenas, o que está por trás disso tudo principalmente, Amazônia que está em voga”, disse.

Muito aplaudido, Eduardo encerrou seu discurso, enquanto o lutador Renzo Gracie gritava: “A Amazônia é nossa”.

Eduardo Bolsonaro em encontro na Casa Branca, em Washington
Imagens de jantar em Nova York postada por Eduardo Bolsonaro em seu Instagram - Reprodução Instagram

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.