Trump recebe primeiro-ministro indiano em comício no Texas

Narendra Modie enfrenta críticas internacionais por repressão na Caxemira

Houston (EUA) | Reuters

Uma multidão de mais de 50 mil pessoas, que vestiam desde trajes indianos tradicionais a chapéus de cowboy, se reuniram no estádio NRG, em Houston, no Texas, para receber o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, neste domingo (22).

Em meio a gritos entusiasmados de "Modi! Modi!" e ao alvoroço de bandeiras americanas e indianas nas arquibancadas, o líder subiu ao palco acompanhado pelo presidente dos EUA, Donald Trump, em uma rara demonstração de apoio em massa a um líder estrangeiro em solo americano.

O presidente dos EUA, Donald Trump, e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi participam do "Howdy, Modi!", em estádio de futebol em Houston, Texas
O presidente dos EUA, Donald Trump, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, participam do "Howdy, Modi!", em estádio de futebol em Houston, Texas - Saul Loeb/AFP

O "Howdy, Modi!" (olá, Modi), espécie de comício apresentado como um programa cultural com 90 minutos de duração, foi realizado em um reduto democrata no Texas, estado dominado pelos republicanos.

A região pode ser fundamental para a candidatura de Trump à reeleição em 2020.

A presença do presidente americano no evento também indica aceno à comunidade indiana, que em 2016 votou massivamente em Hillary Clinton —apenas 25% dos votos foram para o republicano. 

Quanto a Modi, o comício deu uma chance ao primeiro-ministro nacionalista de melhorar seu relacionamento com os indoamericanos: ele tem enfrentado críticas internacionais depois que revogou, em agosto, a autonomia constitucional da Caxemira.

A região tem a maior parte da população composta por muçulmanos e também é reivindicada pelo Paquistão.

O primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, condenou a decisão, que, em sua opinião, pode levar mais muçulmanos do mundo ao extremismo.

Neste domingo, membros da minoria religiosa indiana sikh e grupos muçulmanos organizaram uma manifestação próxima ao estádio em Houston para protestar contra a política de Modi na Caxemira.

"Sua presença indica seu apoio e endosso ao fortalecimento das relações da Índia com a América", disse Preeti Dawra, porta-voz do Fórum da Índia no Texas que organizou o evento. "Este evento é sobre o fortalecimento desses laços."

Não é a primeira vez que Modi, chefe do partido nacionalista hindu Bharatiya Janata, se dirige a uma grande multidão nos Estados Unidos. Em 2014, cerca de 19 mil pessoas compareceram a um evento semelhante em Nova York.

O país abriga cerca de 4 milhões de indoamericanos —incluindo cerca de 300 mil em Houston e nas proximidades de Dallas, segundo uma análise do Pew Research Center baseada no Censo americano.

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.