Descrição de chapéu Brexit

União Europeia cogita usar fundo de desastres em caso de brexit sem acordo, diz BBC

Países poderiam pleitear recursos reservados para terremotos e grandes enchentes

São Paulo

Diante do impasse em torno da saída do Reino Unido da União Europeia, a Comissão Europeia cogita autorizar que os países membros recebam recursos do fundo de desastres do bloco caso ocorra um brexit sem acordo entre as partes, segundo a BBC.

De acordo com o plano revelado pela rede britânica, as autoridades europeias planejam classificar o brexit como uma "grande tragédia", designação normalmente usada para eventos como terremotos ou enchentes de grande escala.

O ato, que depende de aprovação dos membros do bloco e do Parlamento Europeu, permitiria aos países solicitar o recebimento de verbas adicionais para amenizar os impactos econômicos da chamada saída "no deal". 

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, defende que o país deixe o bloco até o dia 31 de outubro com ou sem acordo.

A União Europeia e parte dos parlamentares britânicos temem a saída sem um documento que regule as relações comerciais entre as partes, o que poderia impactar negativamente as duas economias. 

O fundo foi criado em 2002 após uma grande enchente atingir a Europa central e normalmente é usado para financiar obras de reconstrução em áreas atingidas por desastres naturais —Itália, Alemanha e Áustria são alguns dos países que já recorreram a esses recursos. 

O bloco já aprovou medidas de contingenciamento de danos para garantir o funcionamento de serviços básicos, como transporte aéreo e serviços financeiros, no caso de "no deal". 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.