Província no Canadá emite alerta de acidente nuclear por engano

Equívoco aconteceu durante sessão de treinamento e foi corrigido uma hora depois

Ottawa | Reuters

Autoridades locais da província de Ontario, no Canadá, emitiram por engano um alerta de acidente nuclear. Por volta das 7h30 deste domingo (12), a população recebeu uma notificação em seus celulares sobre um suposto acidente na usina nuclear de Pickering, que leva o nome do lago e da cidade que a abrigam.

imagem mostra usina nuclear ao fundo, com construções em concreto de formatos cilíndricos e retangulares. em primeiro plano há um lago de águas verdes. Há um homem na margem do lago, mas não é possível distinguir se é um funcionário
Moradores de Ontario foram alertados por engano sobre um acidente que teria acontecido na usina nuclear de Pickering - Carlos Osorio/Reuters

A instalação fica a cerca de 30 km de Toronto. É uma das maiores do mundo, foi construída entre 1966 e 1986, começou a operar em 1971 e tem a capacidade máxima de geração de 3.000 megawatts.

Apesar de o engano ter sido corrigido cerca de uma hora depois pela Ontario Power Generator (OPG), empresa estatal que controla a operação da usina, o prefeito de Pickering, Dave Ryan, disse que ficou furioso e que quer investigações sobre o acontecido.

"Como muitos de vocês, fiquei muito preocupado ao receber o alerta de emergência nesta manhã. Enquanto fiquei aliviado de saber que não havia emergência real, me irrita que um erro como esse tenha ocorrido", escreveu Ryan em uma rede social. 

"OPG lembrou a todos de que estão operando uma usina nuclear desnecessária e velha perto de Toronto", disse Shawn-Patrick Stensil, diretor de projetos no Greenpeace Canada.

Em nota, publicada no perfil da OPG no Twitter, a companhia confirmou que o alerta foi enviado por engano durante uma sessão de treinamento conduzida pelo Centro de Operações de Emergência da Província.

"O Governo de Ontario pede sinceras desculpas por alarmar a população e iniciou uma investigação completa para determinar como esse erro aconteceu, e vai tomar as medidas necessárias para que isto não aconteça de novo", diz o texto.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.