Homem é preso em Londres após esfaquear uma pessoa em mesquita

Segundo a polícia, estado de vítima é avaliado como sem perigo de morte

Londres | Reuters

Um homem foi preso nesta quinta-feira (20) após esfaquear uma pessoa de cerca de 70 anos na Mesquita Central de Londres.

"A vítima sofreu ferimentos sem perigo de morte, mas ficou gravemente ferida e está sendo tratada no hospital", afirmou em um comunicado a polícia metropolitana da capital inglesa, cujo detetives afirmam não acreditar que o incidente é relacionado a terrorismo.

Fotografias publicadas no Twitter mostram agentes policiais contendo um homem na sala de oração da mesquita, próxima ao Regent's Park, e então levando-o embora. 

Policial próxima à Mesquita Central de Londres, onde um homem foi esfaqueado
Policial próxima à Mesquita Central de Londres, onde um homem foi esfaqueado - Simon Dawson/Reuters

Uma testemunha disse que cerca de cem fiéis estavam na mesquita no momento do ataque e que cerca de 20 pessoas saltaram sobre o agressor.

"Ouvi gritos", disse a pessoa, que se recusou a dar seu nome completo, "e depois vimos o sangue".

A testemunha afirmou ainda que a vítima era um almoadem, responsável por convocar a oração, e que ele foi esfaqueado na parte de cima do ombro.

O agressor compareceu à mesquita por cerca de seis meses antes do incidente desta quinta, disse ele.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que ficou profundamente triste ao saber do ataque.

"É tão horrível que isso aconteça, especialmente em um local de culto. Meus pensamentos estão com a vítima e todos os afetados", escreveu o premiê no Twitter.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.