Com votação pelo correio por causa de pandemia, Biden vence primárias do Alasca

Ex-vice-presidente fica mais perto de confirmar matematicaticamente vitória na disputa democrata

Washington | AFP

O ex-vice presidente Joe Biden, virtual candidato democrata à Presidência dos EUA, venceu as primárias do estado do Alasca na noite deste sábado (11).

Por causa da pandemia de coronavírus, nenhum candidato conseguiu fazer campanha no estado, e a votação foi toda feito pelo correio.

O ex-vice-presidente Joe Biden durante discurso de sua campanha em Wilmington, no estado de Delaware
O ex-vice-presidente Joe Biden durante discurso de sua campanha em Wilmington, no estado de Delaware - Saul Loeb - 12.mar.20/AFP

A lei americana autoriza a prática, mas cabe a cada estado decidir se libera ou não esse tipo de votação, atualmente permitida em 33 deles.

Mas, como resposta à pandemia atual, tem crescido a pressão para que o modelo seja autorizado em todo o país na eleição presidencial, marcada para 3 de novembro.

Biden recebeu 55,7% dos votos no Alasca, contra 44,7% do senador Bernie Sanders, que na última quarta (8) desistiu da disputa. Quando o anúncio foi feito, porém, as cédulas de votação já tinham sido enviadas para os eleitores do estado.

Com a saída do senador por Vermont, Biden se tornou o único nome na disputa e praticamente se garantiu como adversário de Donald Trump em novembro.

Ainda faltam, porém, alguns detalhes para que o nome do ex-vice-presidente de Barack Obama seja confirmado como o candidato democrata.

Segundo contagem do jornal The New York Times, Biden acumula 1.228 delegados nas primárias do partido —incluindo 11 conquistados no Alasca— e precisa chegar a 1.991 para assegurar matematicamente a vitória, o que deve ocorrer em breve.

Depois, o nome dele precisa ser oficialmente confirmado durante a convenção nacional democrata, marcada para agosto após ter sido postergada devido à pandemia de coronavírus.

Já Sanders tem 918 --ele ganhou os outros quatro delegados do Alasca. Embora tenha anunciado que desistiu da disputa, o senador pretende manter seu nome nas cédulas das primárias que ainda vão ser disputadas como forma de aumentar seu capital político.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.