Descrição de chapéu Coronavírus

'Páscoa não foi cancelada', diz rainha Elizabeth em segundo discurso sobre coronavírus

Monarca afirmou que pandemia 'não nos derrotará'

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

No segundo pronunciamento ao país em uma semana, a rainha do Reino Unido, Elizabeth 2ª, disse neste sábado (11) que o coronavírus "não nos derrotará".

A monarca de 93 anos, chefe simbólica da Igreja da Inglaterra, também afirmou que "a Páscoa não foi cancelada" no discurso para marcar o dia feriado cristão.

Outdoor reproduz mensagem do primeiro pronunciamento da rainha Elizabeth 2ª sobre a pandemia do coronavírus, divulgado no dia 5 de abril
Outdoor em Londres reproduz mensagem do primeiro pronunciamento da rainha Elizabeth 2ª sobre a pandemia do coronavírus, divulgado no dia 5 de abril - Isabel Infantes/AFP

"Neste ano, a Páscoa será diferente para muitos de nós, mas, ao nos manter separados, mantemos os outros em segurança. Mas a Páscoa não foi cancelada; de fato, precisamos da Páscoa mais que nunca."

No domingo passado (5), Elizabeth fez seu quinto discurso televisionado de seu reinado de 68 anos para dizer que, se os britânicos se mantivessem resolutos diante do lockdown, eles venceriam a Covid-19.

"A descoberta de Cristo ressuscitado no primeiro dia de Páscoa deu a seus seguidores uma nova esperança e um novo propósito, e todos podemos nos inspirar com isso", disse ela na gravação de áudio divulgada numa rede social.

"Sabemos que o coronavírus não vai nos derrotar. Por mais sombria que a morte possa ser —especialmente para aqueles que estão de luto—, a luz e a vida são maiores. Que a chama viva da esperança da Páscoa seja um guia constante para o futuro."

Sua mensagem chega quando o número de mortos no Reino Unido se aproxima de 10 mil, com mais 917 mortes registradas pelas autoridades de saúde apenas neste sábado.

Normalmente, a rainha se junta a outros membros da família real e participa de um culto de Páscoa no tradicional Castelo de Windsor, onde está hospedada com o marido, o príncipe Philip, de 98 anos.

No entanto, o culto não será realizado neste ano por causa da proibição de reuniões sociais, que inclui cerimônias religiosas.

"Desejo a todos de todas as religiões e denominações uma Páscoa abençoada", disse a rainha.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.