Trump joga golfe enquanto pandemia se aproxima de 100 mil mortos nos EUA

Presidente americano faz gestos para indicar que país está voltando à normalidade

São Paulo | AFP

O presidente americano, Donald Trump, foi alvo de críticas por jogar golfe, neste sábado (23), enquanto os Estados Unidos se aproximam da marca de 100 mil mortos por coronavírus, com 1,6 milhão de casos confirmados.

Trump, que quer flexibilizar o confinamento e reativar a economia, assim como o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, fez o gesto para marcar um retorno à normalidade, praticando o esporte em seu clube na Virgínia, perto de Washington, pela primeira vez desde 8 de março.

trump sai de carro de boné branco
Donald Trump volta à Casa Branca após passar o dia em campo de golfe na Virginia - Mandel Ngan - 23.mai.2020/AFP

A última vez que ele tinha ido ao local foi no final de semana em que a comitiva do presidente Bolsonaro fez uma visita oficial ao chefe de Estado americano, em Mar-a-Lago.

Neste sábado ensolarado, o presidente foi levado da Casa Branca ao Trump National Golf Club e visto jogando pela primeira vez desde a declaração de emergência nacional por causa do vírus.

A coordenadora da força-tarefa de Trump para a crise do coronavírus, Deborah Birx, disse na sexta (22) que os americanos deveriam aproveitar o fim de semana para "sair, jogar golfe, jogar tênis, ir à praia —mas fiquem a 2 metros de distância!".

Joe Biden, candidato democrata que deve enfrentar Trump nas eleições previstas para novembro, tuitou um vídeo do dia do presidente e comentou: "Quase 100 mil vidas perdidas, e dezenas de milhões estão sem trabalho. Enquanto isso, o presidente passa o dia jogando golfe".

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.