Trump rebate declarações de Obama sobre crise do coronavírus

Em evento virtual, ex-presidente condenou lideranças americanas pelas consequências da pandemia

São Paulo | AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou-se em uma série de mensagens neste domingo (17) com críticas ao seu antecessor, o democrata Barack Obama.

"A mais incompetente e corrupta administração da história dos Estados Unidos", escreveu ele, numa postagem no Twitter que tinha, abaixo, uma referência ao governo Obama.

As mensagens foram publicadas depois de declarações de Obama, feitas no sábado (16), em uma cerimônia virtual com estudantes universitários, nas quais o ex-presidente condenou lideranças americanas pelas consequências da crise da Covid-19 no país.

O presidente americano Donald Trump na Casa Branca
O presidente americano Donald Trump na Casa Branca - Mandel Ngan/AFP

"A pandemia acabou com a ideia de que os políticos no comando sabem o que estão fazendo", disse Obama na ocasião. "Muitos deles não estão nem mesmo fingindo que estão no comando."

A pandemia nos Estados Unidos teve já gerou a morte de cerca de 90 mil pessoas.

Esse foi um dos poucos discursos públicos do antecessor de Donald Trump a uma audiência nacional durante o surto de coronavírus.

Desde que deixou o cargo, há três anos, Obama evita fazer críticas ao atual presidente americano. Mas suas declarações à resposta dada à crise da Covid-19 podem inflamar ainda mais as tensões entre os dois ocupantes mais recentes da Casa Branca.

Durante o evento virtual, o ex-presidente reforçou que a crise sanitária revela as desigualdades que a população negra sofre no país. "Uma doença como esta joga luz nas desigualdades subjacentes e o fardo que as comunidades negras suportam historicamente neste país", acrescentou.

O discurso foi feito em um momento em que as normas de distanciamento social frustraram muitas cerimônias de formatura.

Nesse cenário, líderes e celebridades começaram a realizar discursos para estudantes que estão se formando em um momento moldado por incertezas e instabilidade econômica.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.