Descrição de chapéu Eleições EUA 2020

Virtual pela 1ª vez, convenção democrata busca mostrar união em torno de Biden

Com discursos e reuniões, evento para confirmar candidato à Presidência dos EUA dura 4 dias

São Paulo

A pandemia rompeu uma tradição de quase 200 anos: o encontro presencial de líderes partidários de todas as partes dos Estados Unidos para aclamar um candidato à Presidência.

A convenção democrata de 2020, que começa nesta segunda (17), será quase toda feita pela internet. A seguir, os detalhes do evento que buscará mostrar união em torno de Joe Biden.


Quando: 17 a 20 de agosto

Onde: Milwaukee, Wisconsin, com reuniões e discursos online

Onde assistir: site demconvention.com e redes sociais do Partido Democrata


Para que serve?

Os delegados (representantes locais) do Partido Democrata, espalhados pelos estados, reúnem-se para confirmar o candidato da legenda à Presidência. Seus votos seguirão o resultado das primárias, nas quais eleitores de cada estado votaram em pré-candidatos.

Assim, o resultado já está definido: Joe Biden disputará o cargo de presidente, com Kamala Harris como vice. Os outros postulantes desistiram durante as prévias e declararam apoio a Biden.

O evento também serve para unir o partido, motivar militantes e estimular doações de campanha.

O que muda neste ano devido à pandemia?

Em vez de 50 mil pessoas, o evento presencial deve reunir em torno de 300, incluindo profissionais da imprensa, equipes de segurança e organizadores.

A votação será feita a distância, por meio de um sistema eletrônico. O processo começou em 3 de agosto.

Reuniões e pronunciamentos serão feitos pela internet. Biden, inclusive. Ele fará o discurso em que aceita a candidatura a partir de Delaware, onde mora.

O tempo dos discursos caiu de 6 horas diárias para cerca de 3 horas diárias. Parte do material será previamente gravado.

O dia a dia da convenção

Grupos temáticos fazem reuniões entre 9h e 19h (horário local). A partir de 21h, começam os discursos de líderes do partido.

Alguns dos 
grupos temáticos

  • Mulheres
  • Jovens
  • Negros
  • Latinos
  • Idosos
  • LGBT
  • Agricultores
  • Muçulmanos
  • Judeus
  • Pessoas com deficiência
  • Pequenas empresas
  • Indígenas
Joe Biden e Kamala Harris em sua primeira aparição conjunta como candidato e vice democratas à Presidência dos EUA - Carlos Barria - 12.ago.20/Reuters

A chapa democrata

Joe Biden, 78

Ex-vice-presidente na gestão Obama (2009-17). Nascido em Scranton, na Pensilvânia, formou-se em direito. Foi eleito senador por Delaware em 1972 e, reeleito seis vezes, ficou no cargo de forma consecutiva até 2009.

Kamala Harris, 55

Senadora pela Califórnia desde 2017, foi procuradora-geral do Estado (2011-17). Nasceu em Oakland, no mesmo estado, e se formou em direito. É a primeira mulher negra a disputar o cargo de vice-presidente na história dos EUA.


História da convenção

1832 Primeira convenção nacional democrata

1860 Questão da escravidão racha o partido, e estados do Sul lançam candidato próprio. O republicano Abraham Lincoln vence a eleição, sete estados do Sul declaram secessão e o país entra em guerra civil no ano seguinte

1968 Evento ocorre em clima tenso, após o assassinato do pré-candidato Robert Kennedy. O vice-presidente Hubert Humphrey é nomeado sem ter disputado as primárias, 
o que gera muitas críticas

1972 Entra em vigor o modelo atual, em que as primárias têm maior peso na definição do candidato

1984 É criada a função de superdelegado

2004 Candidato ao Senado, Barack Obama faz um discurso marcante na convenção e ganha projeção nacional

2017 Partido decide reduzir o poder dos superdelegados


Próximas etapas da eleição 2020

24 a 27.ago Convenção republicana, que apontará Donald Trump como candidato

29.set Primeiro debate

15.out Segundo debate

22.out Último debate

3.nov Dia da votação

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.