Bolsonaro diz que Trump e Melania vão vencer Covid pelo bem dos EUA e do mundo

Presidente desejou rápida recuperação a líder americano e primeira-dama

Brasília

Em apoio ao presidente dos EUA, Donald Trump, e à primeira-dama, Melania, que estão infectados pelo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na noite desta sexta-feira (2) que os dois vencerão a doença "para o bem dos EUA e do mundo".

A declaração, publicada em uma rede social, veio acompanhada de uma foto do helicóptero que levou Trump a um hospital militar, uma medida de precaução, de acordo com a Casa Branca.

Os presidentes de EUA, Donald Trump, e Brasil, Jair Bolsonaro, durante reunião bilateral no G20 em Osaka, no Japão
Os presidentes de EUA, Donald Trump, e Brasil, Jair Bolsonaro, durante reunião bilateral no G20 em Osaka, no Japão - Kevin Lamarque - 28.jun.19/Reuters

"Desejo rápida recuperação ao presidente dos EUA, Donald Trump, e à primeira-dama, Melania. Com fé em Deus, logo estarão recuperados, e o trabalho na condução de seu país e na sua campanha de reeleição não será prejudicado", escreveu Bolsonaro.

"Vocês vencerão e sairão mais fortes, para o bem dos EUA e do mundo."

Trump, 74, ficará em uma suíte especial do hospital Walter Reed, em Bethesda, Maryland, pelos próximos dias. A decisão foi tomada para que ele possa receber atendimento imediato caso seja necessário.

A Casa Branca informou que o presidente americano não repassará as funções presidencias ao seu vice, Mike Pence, por enquanto, e trabalhará a partir de um escritório presidencial dentro do centro médico.

Trump estava "fatigado, mas de bom humor", segundo o informe mais recente do médico da Casa Branca, Sean Conley. De acordo uma fonte ouvida pela agência de notícias Reuters, o republicano teve febre baixa.

Conley também comunicou que o líder dos EUA está sendo tratado com anticorpos sintéticos, além de zinco, vitamina D, famotidina, melatonina e aspirina.

O coquetel REGN-COV2, produzido pela farmacêutica Regeneron, faz parte de um grupo de drogas experimentais no tratamento da Covid-19 conhecidas como "anticorpos monoclonais".

Trata-se de cópias sintéticas de anticorpos humanos que agem contra o vírus e que estão sendo estudadas para uso em pacientes nos estágios iniciais da doença.​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.