Descrição de chapéu Eleições EUA 2020

Acompanhe apuração da eleição dos EUA em tempo real

Mapa interativo mostra resultados mais recentes e placar do Colégio Eleitoral

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Os americanos foram às urnas nesta terça (3) para definir quem vai comandar o país pelos próximos quatro anos: Donald Trump ou Joe Biden.

No sistema eleitoral dos Estados Unidos, o vencedor não é quem recebe mais votos populares, e sim quem conquista a maioria dos delegados no Colégio Eleitoral. Nesse modelo, cada estado tem um número de votos proporcional à população. A Califórnia, com 39,51 milhões de habitantes, por exemplo, tem direito a 55 representantes. A Dakota do Sul, com 884,6 mil, a 3.

O candidato que vence a eleição em um estado leva todos os votos dele —as exceções são Nebraska e Maine, que dividem os votos de maneira mais proporcional. No fim do processo, é eleito quem conquistar mais da metade dos votos no Colégio Eleitoral, ou seja, ao menos 270 dos 538 votos possíveis.

A Folha colocou repórteres em vários pontos do país. Marina Dias, correspondente em Washington, está em Delaware, para acompanhar a eleição na base eleitoral de Biden. Diogo Bercito está na capital americana, Washington, e Natasha Bin está na Flórida, um dos estados-pêndulo que podem definir o vencedor nacional. Por fim, Natasha Madov está na Filadélfia, no estado da Pensilvânia.

Colunistas e analistas completam a equipe especial da cobertura. Os repórteres especiais Patrícia Campos Mello, Igor Gielow e Fernando Canzian e os colunistas Lúcia Guimarães, Mathias Alencastro, Nelson de Sá e Vinícius Torres Freire discutirão detalhes do pleito, o impacto dos resultados no Brasil e no Mundo, a atuação da imprensa, as ações em redes sociais e o desempenho dos institutos de pesquisa.

Durante a campanha eleitoral, que começou no ano passado, a Folha produziu especiais que ajudam a entender as questões em jogo nesta votação e como os eleitores americanos pensam.

A série “50 estados, 50 problemas”, apresentada desde setembro, mergulhou em cada um dos estados americanos para investigar os problemas locais e seus reflexos na política nacional.

Em dezembro de 2019, o especial “Os Americanos” levou os leitores para uma viagem pelo chamado Cinturão da Ferrugem: estados que viveram anos de glória devido à produção industrial, mas hoje sofrem com a pobreza e a falta de perspectivas. Seus votos são considerados fundamentais nesta votação.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.