New Hampshire vira palco de disputa entre religiosos e defensores do Estado laico

Assunto voltou a ganhar destaque após eleição de Trump e se transformou em tema da campanha

São Paulo

Cinquenta dias antes da eleição americana, a Folha começou a publicar a série de reportagens “50 estados, 50 problemas”, que se debruça sobre questões estruturais dos EUA e presentes na campanha eleitoral que decidirá se Donald Trump continua na Casa Branca ou se entrega a Presidência a Joe Biden.

Até 3 de novembro, dia da votação, os 50 estados do país serão o ponto de partida para analisar com que problemas o próximo —ou o mesmo— líder americano terá de lidar.

*

“O Congresso não legislará no sentido de estabelecer uma religião, ou proibindo o livre exercício dos cultos.” É assim, com uma frase, que a primeira emenda à Constituição dos EUA estabelece dois princípios fundamentais do país.

Por um lado, determina a existência de um Estado laico —ou seja, sem uma religião oficial. Por outro, estabelece o direito que os cidadãos têm de exercer sua fé livremente. Como o texto de 1791 mostra, o assunto não é novo, mas o tema voltou a ganhar importância no país após a eleição de Donald Trump.

Os evangélicos brancos, que representam um em cada quatro americanos, formam uma das principais bases do Partido Republicano. Há quatro anos, 81% deles votaram em Trump, que agora em 2020 precisa mais do que nunca do apoio do grupo para tentar virar a disputa contra o democrata Joe Biden.

Por isso, o republicano, que se identifica como presbiteriano, tomou durante seu mandato uma série de medidas para agradar a essa parcela da população, como a transferência da embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém e a nomeação de diversos juízes conservadores para tribunais federais.

O candidato democrata Joe Biden passa por cruz após deixar missa em Wilmington, no estado de Delaware
O candidato democrata Joe Biden passa por cruz após deixar missa em Wilmington, no estado de Delaware - Mike Segar - 27.set.20/Reuters

“Quando essa administração e seus apoiadores usam termos como ‘liberdade religiosa’, eles em geral estão privilegiando uma agenda conservadora protestante”, afirma Devin Singh, professor do departamento de religião do Dartmouth College.

A instituição é a principal universidade de New Hampshire, o estado menos religioso dos EUA, de acordo com pesquisa do instituto Gallup. Por isso, acabou se tranformando em um palco de batalhas entre religiosos e grupos que querem preservar o Estado laico. Um projeto de lei em debate no Legislativo local, por exemplo, quer proibir a realização de orações dentro de escolas públicas.

O estado também é um dos poucos nos EUA que não possuem uma lei de consciência religiosa. Sem ela, profissionais de saúde não podem alegar princípios religiosos para se recusarem a participar de procedimentos dos quais discordem —medida comum em casos de abortos.

A Justiça estadual também autorizou o governo local a fechar templos durante a pandemia —medida da qual Trump já disse discordar. Em junho, o republicano anunciou um plano para defender a liberdade religiosa em todo o país, que determina que o assunto passe a ser uma prioridade do governo.

O texto não cria medida claras, mas estabelece, por exemplo, que países e entidades que realizem ações contrárias à liberdade religiosa podem ser proibidos de receber dinheiro federal.

O católico Biden, por sua vez, também anunciou um plano semelhante para proteger comunidades religiosas. A campanha democrata acusa o governo Trump de incentivar a discriminação contra grupos específicos, principalmente muçulmanos, judeus e minorias cristãs.

O projeto diz que o democrata será um exemplo de tolerância religiosa, propõe o aumento da segurança em templos e locais de orações e afirma que vai intensificar ações judiciais contra pessoas acusadas de discriminação religiosa. Para especialistas, porém, nenhum dos projetos é suficiente —os candidatos não tem propostas específicas sobre proteção do Estado laico.

“Quem ganhar a eleição deveria se comprometer em proteger a liberdade religiosa de todos os americanos, não a de alguns”, afirma Rob Boston, conselheiro da ONG Americanos Unidos pela Separação da Igreja e do Estado. “Isso significa acabar com políticas que usam de maneira enganosa a religião para permitir a discriminação em áreas como emprego, acesso a saúde, serviço público e imigração.”

50 ESTADOS, 50 PROBLEMAS

  1. Minnesota

    Morte de George Floyd em Minnesota escancarou outra vez racismo sistêmico americano

  2. Texas

    Divisa do Texas se tornou ícone da cruzada de Trump contra imigrantes

  3. Indiana

    Rusga com China põe estados rurais como Indiana na linha de tiro da guerra comercial

  4. Missouri

    Caso no Missouri ajudou a pavimentar decisão da Suprema Corte que protege comunidade LGBT

  5. Califórnia

    Califórnia, de moradores de rua e aluguéis caríssimos, espelha problema da habitação nos EUA

  6. Idaho

    Superlotação em prisões de Idaho expõe encarceramento em massa nos EUA

  7. Arizona

    Arizona põe à prova discurso de Trump de destruição dos subúrbios americanos

  8. Colorado

    Legalização federal é pedra no sapato de empresários da maconha no Colorado

  9. Arkansas

    Solidamente republicana, Arkansas facilita venda de armas

  10. Alasca

    Chance de explorar petróleo em reserva ambiental no Alasca opõe modelos de desenvolvimento

  11. Nova York

    Nova York procura saída para déficit bilionário agravado pela pandemia de coronavírus

  12. Flórida

    Flórida se tornou laboratório da postura errática de Trump diante da pandemia

  13. Carolina do Sul

    Briga na Carolina do Sul por estátua de Pantera Negra evidencia onda contra símbolos confederados

  14. Nevada

    Com dados alarmantes, Nevada retrata epidemia da violência doméstica nos EUA

  15. Alabama

    No top 5 de tiroteios em escolas, Alabama alimenta estatística que assombra EUA

  16. Dakota do Norte

    Na Dakota do Norte, indígenas enfrentam pobreza e oleoduto apoiado por Trump

  17. Maryland

    Disputa entre público e privado em Maryland é retrato da educação nos EUA

  18. Havaí

    Relação conturbada dos EUA com Coreia do Norte espalha medo no Havaí

  19. Wisconsin

    Sombra da judicialização paira sobre disputas acirradas em estados como Wisconsin

  20. Virgínia

    Passeata na Virgínia em 2017 deu visibilidade para extremistas da alt-right

  21. Kansas

    Kansas quer levar supressão do voto, trincheira dos direitos civis nos EUA, à Suprema Corte

  22. Carolina do Norte

    Com programa inovador, Carolina do Norte enfrenta problema crônico de acesso à saúde

  23. Oklahoma

    Biden visa aumento salarial a professores e mira demanda de grevistas em Oklahoma

  24. Wyoming

    Wyoming espelha diferenças salariais entre homens e mulheres nos EUA

  25. Iowa

    Confusão nas prévias em Iowa reaviva discussões sobre reforma no sistema eleitoral

  26. Nova Jersey

    Governador de Nova Jersey vive rebote de fake news que tomaram EUA desde 2016

  27. Louisiana

    Louisiana espelha tentativas de estados conservadores de cercear o aborto

  28. Ohio

    Às voltas agora com fentanil, Ohio vê nova alta de mortes por opioides

  29. Delaware

    Berço político de Biden, Delaware é paraíso da evasão de impostos nos EUA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.