Descrição de chapéu BBC News Brasil

Trump com Covid-19: nove pessoas no entorno do presidente dos EUA também se infectaram

Seis delas participaram de um evento no fim de semana passado no jardim da Casa Branca

BBC News Brasil

Não foi apenas Donald Trump que recebeu o diagnóstico de coronavírus nos últimos dias. Outras nove pessoas no entorno do presidente americano também estão com Covid-19.

Entre eles, a primeira-dama Melania Trump. O resultado do exame de ambos foi divulgado pelo próprio presidente americano via Twitter na sexta-feira (2).

O anúncio foi feito após o diagnóstico de Covid-19 de uma das conselheiras mais próximas de Trump, Hope Hicks, que começou a ter sintomas na quarta-feira e recebeu a confirmação no dia seguinte.

Desde o diagnóstico de que Trump foi contaminado, várias pessoas próximas a ele também tiveram resultados positivos, incluindo seu chefe de campanha, Bill Stepien, e seu conselheiro de campanha, o ex-governador Chris Christie.

Também foram infectados a ex-conselheira presidencial Kellyane Conway, a presidente do Comitê Nacional Republicano, Ronna McDaniel, os senadores republicanos Mike Lee e Thom Tillis, e John Jenkins, presidente da Universidade de Notre Dame.

Vírus pode ter se propagado em evento e reunião

Seis das nove pessoas (Melania, Conway, Christie, Jenkins, Lee e Tillis) participaram de um evento no fim de semana passado no jardim da Casa Branca. Mas não há como ter certeza de que alguma dessas pessoas se contaminou nesta ocasião.

Na cerimônia, Trump anunciou sua escolha para ocupar a vaga da Suprema Corte, a juíza Amy Coney Barrett, que disse na sexta-feira que seu teste deu negativo. Fontes afirmaram à mídia americana que a juíza teve o vírus no início deste ano.

Na terça-feira, uma reunião de preparação para o primeiro debate da eleição presidencial, realizado no mesmo dia, também pode ter ajudado a propagar o vírus.

Christie disse à mídia americana que ninguém estava usando máscaras quando ele e outros se sentaram com Trump. "O grupo era de cerca de cinco ou seis pessoas, no total", disse ele. Entre elas, estariam Hope Hicks e Stepien.

O ex-governador, 58, informou neste sábado que decidiu se internar em um hospital como medida de precaução. "Embora esteja me sentindo bem e tenha só sintomas leves, por causa do meu histórico de asma decidi que isso é importante", tuitou.

A asma é um dos fatores de risco que podem agravar o quadro da Covid-19, que causa problemas respiratórios.

Contatos estão sendo rastreados

A Casa Branca disse que está rastreando quem entrou em contato com Trump e as pessoas mais próximas a ele que estão com Covid-19.

Até agora, a maioria dos testes de pessoas no entorno de Trump deu negativo, entre as quais o vice-presidente Mike Pence e sua mulher, Karen, o secretário de Estado, Mike Pompeo, e os filhos de Trump, Ivanka e Donald Trump Jr.

Um resultado negativo geralmente indica que uma pessoa não tem o vírus, embora a confiablidade do exame varie de acordo com quando a amostra do paciente foi coletada —se isso for feito pouco depois da exposição ao vírus, o teste pode não dar um resultado preciso.

Uma pessoa infectada pelo novo coronavírus leva em média cinco dias para ter os primeiros sintomas.

Mas esse período pode ser bem mais longo, por isso a Organização Mundial da Saúde recomenda um período de isolamento de 14 dias para quem suspeite ter sido infectado.

O pico do período infeccioso do vírus é um dia antes do aparecimento dos sintomas e dois dias depois, embora uma grande proporção de pessoas nunca apresente nenhum sintoma.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.