Trump faz aparição curta no G20 e pula reunião sobre pandemia

Presidente dos EUA seguiu rotina de fim de semana, que inclui publicar em redes sociais e jogar golfe

Annie Karni
The New York Times

Em um universo alternativo sem pandemia de coronavírus, o atual presidente dos EUA, Donald Trump, poderia terminar seu mandato participando de uma reunião do G20 na mesma cidade que visitou durante sua primeira viagem presidencial: Riad, na Arábia Saudita.

No entanto, o coronavírus fez com que o encontro global se tornasse um webinário VIP –e permitiu ao presidente manter sua tradicional rotina de fim de semana, tuitando e jogando golfe.

O presidente dos EUA, Donald Trump, joga golfe em seu campo particular na Virgínia
O presidente dos EUA, Donald Trump, joga golfe em seu campo particular na Virgínia - Tasos Katopodis/Getty Images/AFP

Neste sábado (21), Trump participou rapidamente de uma reunião virtual do G20, diretamente da Casa Branca. O atual líder americano, no entanto, não estava entre os participantes de um evento paralelo, na conferência “Preparação e Resposta à Pandemia”. Entre os discursos do evento estava incluída uma fala de Emmanuel Macron, presidente da França, e Angela Merkel, chanceler da Alemanha.

Em vez de participar da discussão, o republicano seguiu o que se tornou seu cotidiano pós-eleitoral. Publicou nas redes sociais uma nova (e vazia) promessa de revelações de fraude no pleito americano e se dirigiu para seu campo de golfe na Virgínia, pelo terceiro fim de semana seguido.

“Grande informação sobre fraude eleitoral sendo divulgada sobre a Geórgia. Fique ligado!”, publicou no Twitter, na manhã deste sábado.

Os republicanos da Geórgia, porém, minaram as tentativas presidenciais nesta sexta (20) de confirmar os resultados no estado, que deram vitória a Joe Biden. O secretário de Estado, o republicano Brad Raffensperger, anunciou que o democrata derrotou Trump por 12.670 votos.

Outro membro do partido, o governador do estado, Brian Kemp, disse que assinaria a certificação. Trump ficou furioso com ele, pois o governador não o ajudou nos esforços para reverter o resultado do pleito.

Desde que Biden foi anunciado presidente eleito, em 7 de novembro, Trump não tem respondido a perguntas de jornalistas, mesmo em entrevistas coletivas. Ele, por outro lado, jogou golfe nos dias 7, 8, 14, 15 e 21 de novembro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.