Quem é quem no alto escalão do gabinete indicado por Joe Biden

Democrata toma posse nesta quarta (20) junto a grupo diverso e experiente

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O gabinete indicado pelo presidente eleito Joe Biden, que toma posse nesta quarta-feira (20), chamou a atenção, desde os primeiros anúncios, pela diversidade de gênero e de raça.

Não são poucos os primeiros e primeiras negros e negras, além de mulheres e latinos, nomeados a postos do alto escalão. Apesar de estreantes, eles possuem credenciais consolidadas nas áreas em que atuam.

O contraste com a equipe de seu antecessor, Donald Trump, no entanto, não livrou de críticas alguns dos nomes selecionados. A indicação de Tom Vilsack para a Secretaria da Agricultura, por exemplo, desagradou associações de agricultores negros, já que, quando ele dirigiu a pasta, na gestão de Barack Obama, foi acusado de negar empréstimos a fazendeiros afro-americanos.

Nomes que já fizeram parte do governo de Obama (2009-2017), aliás, são presença frequente na lista de designados. Veja abaixo quem forma o primeiro escalão do governo Biden.


Antony Blinken
Secretário de Estado
Começou a carreira no Departamento de Estado durante a administração de Bill Clinton e foi vice-secretário de Estado sob o presidente Barack Obama

Janet Yellen
Secretária do Tesouro
Primeira mulher à frente de um dos cargos mais importantes do governo na retomada pós-pandemia, foi presidente do Federal Reserve (Fed), o Banco Central americano, entre 2014 e 2018, logo após ocupar o cargo de vice, entre 2010 e 2014

Lloyd Austin
Secretário de Defesa
Primeiro negro a ocupar o cargo, o general reformado chefiou divisões que lutavam no Afeganistão entre 2003 e 2005 e foi comandante das forças americanas no Iraque entre 2010 e 2011

Merrick Garland
Secretário de Justiça
Juiz da Corte de Apelações para o Circuito do Distrito de Columbia, tribunal no qual está desde 1997, teve sua indicação à Suprema Corte negada em 2016, pois a nomeação foi considerada pelo Senado muito próxima à eleição que definiu o sucessor de Obama (faltavam dez meses para o pleito)

Deb Haaland
Secretária do Interior
Primeira mulher e primeira indígena a liderar a pasta, a deputada é ativa em propostas legislativas contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e por diversas vezes foi contra acordos entre Brasil e EUA

Tom Vilsack
Secretário da Agricultura
Ex-governador de Iowa, ocupou o cargo nas duas gestões de Obama e esteve envolvido no polêmico caso da renúncia de Shirley Sherrod, mulher negra e diretora de desenvolvimento rural do estado da Geórgia em 2010; ele teria forçado sua saída, após parte de um discurso dela ter sido editado e interpretado erroneamente como prejudicial a agricultores brancos

Gina Raimondo
Secretária de Comércio
Governadora de Rhode Island, é formada em direito pela Universidade Yale. Tem doutorado pela Universidade de Oxford e experiência na área de investimentos

Marty Walsh
Secretário do Trabalho
Prefeito de Boston, foi um líder sindicalista que ganhou capital político como representante de sindicatos como o dos metalúrgicos e dos eletricistas

Pete Buttigieg
Secretário do Transporte
Primeiro candidato abertamente gay na corrida democrata para definir o candidato do partido à Presidência, foi prefeito de South Bend, formou-se em história e literatura na Universidade Harvard e fez mestrado em economia, ciência política e filosofia na Universidade de Oxford. Tornou-se oficial de inteligência naval da Marinha em 2009 e foi enviado durante sete meses ao Afeganistão em 2014

Jennifer Granholm
Secretária de Energia
Defensora do desenvolvimento de energia renovável, foi a primeira mulher a governar o estado de Michigan e trabalhou com Biden em 2009, quando ele era vice de Obama, em um plano de resgate da indústria automobilística que incluiu investimentos em energia limpa para montadoras

Xavier Becerra
Secretário de Saúde e Serviços Humanos
Primeiro latino a ocupar o cargo, foi deputado democrata e atuava como procurador-geral da Califórnia. Desenvolveu uma carreira ligada a questões de justiça criminal, imigração e política tributária e, por muito tempo, foi considerado um candidato para o cargo de secretário de Justiça

Marcia Fudge
Secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano
Deputada por Ohio desde 2008, formou-se em economia e direito, atuou no gabinete da Procuradoria do Condado de Cuyahoga e foi a primeira prefeita de Warrensville Heights (Ohio)

Miguel Cardona
Secretário de Educação
Especialista em ensino público, é um experiente professor e administrador de escolas públicas e atua como comissário de Educação de Connecticut (cargo semelhante a secretário estadual)

Denis McDonough
Secretário de Assuntos relacionados a Veteranos
Chefe de gabinete de Obama entre 2013 e 2016, foi conselheiro adjunto de Segurança Nacional e serviu como chefe de gabinete de Segurança Nacional e conselheiro adjunto de Segurança Nacional para Comunicações Estratégicas

Alejandro Mayorkas
Secretário de Segurança Nacional
Nascido em Havana, capital de Cuba, possui mais de 30 anos de carreira jurídica no setor privado. Foi secretário adjunto do DHS —órgão que cuida de imigração e que agora chefiará— de 2013 a 2016 e é o primeiro latino e imigrante a ocupar o cargo

Ron Klain*
Chefe de gabinete
Advogado com experiência em Washington, atuou como conselheiro de Obama e chefiou a operação do governo do democrata no combate ao surto de ebola

William Burns
Diretor da CIA
Diplomata aposentado, passou mais de três décadas no corpo diplomático do país, chegou a ser o número 2 do Departamento de Estado e ajudou a manter negociações secretas com o Irã que abriram caminho para o acordo nuclear em 2015

Katherine Tai
Representante do comércio
Primeira mulher não branca a ocupar o cargo, que tem status de embaixador, trabalhou no escritório de comércio americano entre 2007 e 2014 e ajudou a aparar arestas entre diferentes grupos políticos e linhas de interesse para aprovar o novo Nafta (Tratado Norte-Americano de Livre Comércio, que envolve México e Canadá)

Avril Haines
Diretora de Inteligência Nacional
Primeira mulher no cargo, foi assessora da Presidência para Segurança Nacional no governo de Obama e também a primeira mulher a comandar a CIA, de 2013 a 2015

Michael Regan
Chefe da Agência de Proteção Ambiental
Primeiro negro no cargo, foi chefe do Departamento de Qualidade Ambiental no estado da Carolina do Norte e tem sido figura-chave na tentativa do governador democrata Roy Coopera para cumprir sua promessa de alcançar a neutralidade de carbono no estado até 2050

Isabel Guzman
Chefe da Administração de Pequenas Empresas
Vice-chefe de gabinete e conselheira sênior da pasta durante o governo Obama, é diretora do Escritório de Defesa de Pequenas Empresas da Califórnia desde 2019

Neera Tanden
Chefe do Escritório de Orçamento da Casa Branca
Atual executiva-chefe do think tank Center for American Progress, foi conselheira sênior do Departamento de Saúde e Serviços Humanos e diretora de Política Doméstica da campanha presidencial de Obama em 2008

Linda Thomas-Greenfield
Embaixadora na ONU
Com 35 anos de experiência na diplomacia americana, ocupou cargos em sete países e foi secretária-assistente para Assuntos Africanos no governo Obama

Cecilia Rouse
Presidente do Conselho de Consultores Econômicos
Economista progressista da Universidade de Princeton, foi integrante do conselho –que serve como organização de pesquisa interna do presidente sobre questões econômicas– no governo Obama

John Kerry*
Enviado especial para o clima
Veterano da Guerra do Vietnã, foi secretário de Estado na gestão Obama e tem o Acordo de Paris em 2015 entre seus feitos relacionados à política ambiental

Jake Sullivan*
Assessor de Segurança Nacional
Mais jovem a assumir o posto, foi sucessor de Antony Blinken como conselheiro de Segurança Nacional do então vice-presidente Biden e chefe de planejamento do Departamento de Estado sob gestão de Hillary Clinton

Brian Deese*
Diretor do Conselho Econômico Nacional
Executivo do grupo Black Rock, foi conselheiro sênior para política climática e energética durante o governo Obama, auxiliando na negociação do Acordo de Paris

Susan Rice*
Diretora do Conselho de Política Doméstica
Conselheira de Segurança Nacional de Obama, é especialista em política externa e serviu como embaixadora dos EUA na ONU

Gina McCarthy*
Coordenadora de Política Ambiental Doméstica
Com experiência de mais de 30 anos na área ambiental e da saúde, foi professora na Universidade Harvard e chefe da Agência de Proteção Ambiental na gestão de Obama

Jeff Zients*
Coordenador da força-tarefa contra o coronavírus
Empresário conhecido em Washington, foi diretor do Conselho Econômico Nacional e diretor-adjunto do Escritório de Orçamento da Casa Branca

Vivek Murthy
Diretor de Saúde Pública
Ocupou o mesmo cargo entre 2014 e 2017, durante o governo Obama, quando ajudou na gestão dos surtos de ebola e vírus da zika, além da crise de opioides

Juan Gonzalez*
Diretor sênior para o Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional
À frente da pasta responsável por assuntos ligados à América Latina, o colombiano foi diretor do Conselho de Segurança Nacional para assuntos relacionados à América Latina entre 2011 e 2013, durante o governo Obama, e é crítico da agenda ambiental do governo de Jair Bolsonaro (sem partido)

*indicados que não precisam de aval do Congresso americano

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.