Folha fecha acordo de troca de conteúdo com Mensagem de Lisboa

Veículo digital foi lançado no ano passado; parceria passa a valer nesta segunda (19)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Folha e a Mensagem de Lisboa, jornal português online, fecharam um acordo para a reprodução de conteúdo. A parceria permite a publicação de reportagens do veículo lisboeta no jornal paulistano e vice-versa.

A Mensagem de Lisboa, lançada no ano passado em meio à pandemia, foi criada por um grupo independente de jornalistas liderado por Catarina Carvalho e por Ferreira Fernandes.

Apesar de as principais publicações do país estarem sediadas na capital portuguesa, a dupla considerava que era dada pouca atenção aos assuntos da própria cidade.

Redação da Folha durante a pandemia de coronavírus
Redação da Folha durante a pandemia de coronavírus - Eduardo Knapp/Folhapress

Por isso, diz Carvalho, a Mensagem de Lisboa “é um projeto digital e comunitário”, voltado para a vida em Lisboa e seus habitantes. Além do conteúdo online, a equipe tem promovido debates, entrevistas ao vivo e encontro com leitores. Por conta das atuais restrições para evitar a disseminação do coronavírus, os eventos acontecem em formato virtual neste momento.

“Lisboa é um mundo hoje em dia e há uma nova comunidade brasileira muito importante que tem todo o interesse em ser ouvida”, afirma a jornalista.

Oficialmente, há cerca de 151 mil brasileiros vivendo em Portugal, de acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O número real, no entanto, é bem maior. Não entram nesta conta aqueles que têm nacionalidade portuguesa ou de outro país da União Europeia, além dos que vivem em situação migratória irregular.

A comunidade portuguesa no Brasil também é expressiva. Segundo estimativa da embaixada, há cerca de 1 milhão de lusitanos no Brasil, incluindo os cidadãos com dupla nacionalidade. “Achamos que é importante [para a Folha] ter um pézinho em Lisboa que, desde sempre, tem muitos ecos do que acontece no Brasil", diz Carvalho.

A Folha é o jornal de maior circulação do Brasil. Em 2020, vendeu em média 337.854 exemplares diários, na soma de suas versões digital e impressa, segundo o IVC Brasil (Instituto Verificador de Comunicação).

A Folha também veicula conteúdo dos portugueses Público e Diário de Notícias (Global Media), do americano The New York Times, do britânico Financial Times, do chinês Caixin, do chileno La Tercera, além dos serviços mundiais da BBC (Reino Unido), Deutsche Welle (Alemanha) e RFI (França).

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.