Descrição de chapéu Governo Biden

Biden toma chá no castelo com Elizabeth 2ª e a convida a ir à Casa Branca

Presidente e primeira-dama dos EUA, Jill, encontraram a rainha em Windsor

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Londres | AFP

A rainha Elizabeth 2ª, 95, recebeu neste domingo (13) o presidente dos EUA, Joe Biden, 78, no castelo de Windsor, depois de ele ter participado por três dias de uma reunião do G7 no sudoeste da Inglaterra.

Com um vestido floral e um chapéu rosa, Elizabeth deu as boas-vindas ao presidente e à primeira-dama, Jill Biden, no imenso pátio central do castelo quase milenar localizado cerca de 50 km a oeste de Londres e onde vive desde o início da pandemia, em março de 2020.

Sob um sol forte, o presidente foi saudado por um guarda de honra do batalhão de brigadeiros reais que se alinhou no gramado enquanto a banda tocava marchas militares americanas.

Os três então entraram no castelo para tomar chá e conversar por cerca de 40 minutos, antes de Biden partir do Reino Unido para Bruxelas, a próxima etapa de sua turnê europeia de oito dias.

Após o chá, o presidente americano disse a repórteres que convidou a rainha para visitar a Casa Branca e que ela lembra sua mãe: "Não acho que ela vai se sentir insultada, mas ela me lembra a minha mãe, seu olhar e sua generosidade".

Segundo o democrata, ela perguntou sobre os líderes da China, Xi Jinping, e da Rússia, Vladimir Putin.

Elizabeth recebeu a segunda dose da vacina contra Covid-19 no final de março, mas, mesmo assim, realizou a maioria de suas reuniões virtualmente, incluindo audiências com embaixadores estrangeiros.

Na sexta-feira, ela e o filho Charles, herdeiro do trono britânico, organizaram uma recepção na região inglesa da Cornualha com outros membros da família real para os líderes participantes da cúpula do G7.

Foi uma de suas primeiras aparições públicas após o funeral de seu marido, o príncipe Philip, em abril e seu compromisso mais importante desde a abertura da sessão parlamentar em Londres em 11 de maio.

O encontro entre Biden e a rainha acontece um dia após a comemoração oficial de seu aniversário, muito limitado neste ano devido à pandemia.

Durante seu reinado de 69 anos, a rainha britânica se reuniu com todos os presidentes americanos, exceto Lyndon B. Johnson (1963-1969).

Donald Trump fez uma visita de Estado polêmica ao Reino Unido em junho de 2019 e foi recebido por Elizabeth no Palácio de Buckingham.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.