Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/07/2010 - 18h24

Autoridades em Belarus prendem 50 por guerra de travesseiros

Publicidade

DA ASSOCIATED PRESS, EM MINSK

Em Belarus, autoritária ex-nação soviética, mesmo uma guerra de travesseiros pode ser vista como uma ameaça à segurança nacional.

Nesta quinta-feira, policiais carregando cassetetes dispersaram cerca de 400 jovens carregando travesseiros, que se reuniram na capital do país, Minsk, para comemorar de forma bem humorada o aniversário da Batalha de Grunwald.

Cerca de 50 jovens foram detidos. Autoridades não quiseram comentar o caso.

Sergei Grits/AP
Jovens ativistas bielorrussos participam de guerra de travesseiros em Minsk, capital de Belarus
Jovens ativistas bielorrussos participam de guerra de travesseiros em Minsk, capital de Belarus

Autoridades costumam atuar de forma enérgica para conter protestos e manifestações em Belarus, um país tido por muitos como medieval por sua repressão da oposição e da mídia independente.

Os EUA e alguns países consideram o presidente Alexander Lukashenko como "o último ditador da Europa".

A Batalha de Grunwald, também conhecida como Batalha de Tannenberg, em 1410, foi uma das maiores ocorridas na Europa medieval. No confronto, poloneses e lituanos venceram os cavaleiros teutônicos, que queriam expandir a influência católica no leste europeu.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página