Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/12/2010 - 14h58

Sobe para 281 o número de mortes por chuvas na Colômbia

Publicidade

DA EFE, DE BOGOTÁ

As chuvas que atingiram a Colômbia e se intensificaram nas últimas semanas já registraram 281 mortes e 271 feridos, aponta relatório divulgado neste sábado (18) pela direção do Socorro Nacional da Cruz Vermelha.

O diretor da organização, Carlos Ivan Márquez, informou os dados aos jornalistas e acrescentou que há 68 desaparecidos e mais de 2,2 milhões de desabrigados em todo o país.

De acordo com Márquez, as chuvas já destruíram mais de 3.000 casas.

Já o Ministério do Interior e de Justiça, através da Direção de Gestão de Risco, alertou outras catástrofes na região dos rios Magdalena, Cauca, San Jorge, Sinú e Atrato que apresentam níveis muito altos.

Nas duas temporadas de chuvas deste ano, a Colômbia registrou 1.559 emergências e 40 estradas nacionais destruídas, além de prejuízo em mais de 1 milhão de hectares de cultivos e 40.000 cabeças de gado.

O período de precipitações das últimas quatro décadas na Colômbia foi provocado pelo fenômeno climatológico La Niña.

Perante a situação, o governo declarou estado de emergência no país para facilitar a adoção de medidas e verbas para atender as tragédias.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página