Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
30/12/2010 - 04h25

China já tem 450 milhões de internautas, 20% mais que há um ano

Publicidade

DA EFE

A China atingiu em novembro o número de 450 milhões de internautas, 20,3% mais que em 2009, informou o chefe do departamento de informação do Conselho de Estado (Executivo), Wang Chen.

Embora a China seja o maior mercado de usuários da internet do mundo, há ainda um enorme campo para crescimento, já que menos de 50% de sua enorme população tem acesso à rede.

O gigante asiático se conectou à internet em 1994, e desde então o seu uso cresceu em marcha acelerada, apesar do governo chinês continuar impondo fortes limitações ao acesso a determinados sites, muitos deles estrangeiros.

Algumas das páginas mais populares do mundo, como YouTube, Twitter e Facebook, estão censuradas na China, embora seja possível acessá-las através de servidores VPN, que "escondem" a direção IP dos usuários.

Apesar das restrições, a internet se tornou na China um meio de informação muito mais dinâmico e livre que outros convencionais, como televisão e jornais.

Por isso, serviu para divulgar inúmeros escândalos de corrupção e crimes, além de formar novos líderes de opinião, como o escritor Han Han, considerado o blogueiro mais lido do mundo.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página