Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/03/2011 - 18h42

Terremoto gera ondas de mais de sete metros no Japão; assista

Publicidade

DE SÃO PAULO

O terremoto de magnitude 8,9 que atingiu o Japão na madrugada desta sexta-feira e que já deixou ao menos 378 mortos, mais de 800 feridos e 547 desaparecidos, chegou a gerar um tsunami com ondas de sete metros, devastando grande parte da região leste do país.

Vídeo

O número de vítimas deve aumentar ao longo das próximas horas, quando as equipes de resgate conseguirem chegar a todas as áreas atingidas. As autoridades temem que o número final de mortos ultrapasse mil.

Por enquanto, a polícia confirma 178 mortes, segundo a agência de notícias japonesa Kyodo. Outros cerca de 200 ou 300 corpos foram encontrados na cidade costeira de Sendai, a mais próxima do epicentro. Aparentemente, as pessoas morreram afogadas.

O embaixador brasileiro no Japão, Marcos Galvão, afirmou nesta sexta-feira à Folha.com que ainda não há notícias de vítimas brasileiras. Segundo ele, as províncias mais atingidas foram Miyagi, Iwate e Fukushima, onde o número de brasileiros é cerca de 800. Ouça a entrevista com o embaixador

O terremoto, registrado às 14h46 da hora local (2h46 em Brasília), foi o maior da história no Japão, ultrapassando o sismo de magnitude 7,9 registrado em 1923 e que matou mais de 100 mil pessoas.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página