Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/09/2011 - 02h31

Oficial dos serviços secretos russos é morto com 16 tiros

Publicidade

DA EFE

Um oficial do Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB) morreu na noite deste domingo (19) em Mahatchkala, na República do Daguestão, após receber 16 tiros, informa o Comitê de Instrução da Rússia.

"O coronel Mamedov morreu em consequência dos disparos", explicaram à agência Interfax as autoridades policiais da região.

A polícia encontrou no local 16 cartuchos de bala de calibre 9mm.

Inguchétia e Daguestão, vizinhas da Tchetchênia, são as duas repúblicas muçulmanas do Cáucaso Norte onde se registra o maior número de ataques contra policiais e militares, atribuídos aos extremistas islâmicos.

Em 2010, cerca de cem policiais morreram no Daguestão em atentados feitos em sua maioria por grupos islamitas.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Voltar ao topo da página