Descrição de chapéu
Mario Mello

É hora de usar nossa energia a favor da democracia

Debate deve ser no Congresso, não nas redes sociais

O executivo Mario Mello trabalhou 30 anos no mercado financeiro, em bancos como Real e BankBoston, e deixou a oportunidade de ser o chefe do PayPal na América Latina para se dedicar ao projeto do aplicativo Poder do Voto
Mario Mello, fundador e presidente do aplicativo Poder do Voto - Divulgação
Mario Mello

A polarização política no Brasil, que chegou ao seu auge nas eleições presidenciais do ano passado, parece estar longe do fim. Vivemos, hoje, um dilema: somos um país com a polarização política no nível da norte-americana, mas enfrentamos a pobreza diariamente, sem infraestrutura básica e acesso precário à saúde, à educação, à segurança e a tantos outros direitos fundamentais
.
Mas o fato é que ainda estamos empregando nosso foco e energia em uma briga polarizada e extremista entre nós mesmos. Pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos mostra que a atual polarização política no Brasil supera a média internacional de 27 países. Os dados comprovam o que presenciamos cotidianamente: o radicalismo político chegou a níveis de intolerância que afeta as relações pessoais, afastando pessoas que pensam de forma diferente. Estamos tão inflexíveis que somos capazes de romper relacionamentos próximos, com pais e irmãos inclusive, caso suas visões políticas sejam divergentes da nossa.

É preciso ultrapassar essa fronteira, evoluir. Canalizar toda essa energia a favor da democracia e conduzi-la ao palco da construção política, que é o Congresso Nacional. Ali deve ser o nosso fórum de debate.
Desperdiçamos foco (para dizer o mínimo) ao discutir com pares em vez de concentrá-lo naqueles que se intitulam “nossos representantes”.Devemos repercutir as nossas opiniões com parlamentares e senadores e, eles sim, criarem um debate construtivo, pois foram eleitos pelo voto popular para escutar, negociar e, dessa

forma, encontrar soluções a favor da população brasileira. 

Para uma democracia saudável é importante que se tenham ideologias políticas diferentes. Mas, mais importante ainda, é que elas sejam atuantes e convirjam a favor do bem comum, da sociedade como um todo. Então, pare de brigar com seu irmão ou seu vizinho no grupo de WhatsApp e coloque essa energia e a força da sua opinião para pressionar o seu deputado e o seu senador —aquele que foi eleito com o poder do seu voto.

O caminho para fortalecer a democracia passa pela responsabilidade de cada cidadão em entender a importância do seu papel como eleitor e, depois, de manter o diálogo ativo com seus representantes, saber quais são as pautas em votação e, claro, qual a posição dos seus eleitos em cada uma delas.

Aqui entra um pouco do meu sonho como cidadão e empreendedor: usar toda a potência da opinião política na construção de pontes; sair da briga polarizada restrita ao nosso círculo social, que apenas segrega, e, juntos, colocarmos energia para trabalhar a favor da democracia, criando um diálogo construtivo entre eleitor, deputados e senadores no esforço pela construção de um país mais honesto e justo.

Se não tivermos a consciência sobre a importância do Congresso Nacional, a clareza de que ali, em Brasília, é o local de debate, não iremos conseguir implementar políticas que de fato melhorem a vida de todos nós, brasileiros.

O futuro do Brasil nunca esteve tão presente na pauta popular. Cabe a nós, agora, fazê-lo sair do papel.

Mario Mello

Fundador e presidente do aplicativo Poder do Voto

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.