Descrição de chapéu
Marina Helou

Afinal, quem é Ricardo Nunes?

São Paulo merece mais do que 'vou fazer o mesmo que Covas'

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Marina Helou

Deputada estadual (Rede Sustentabilidade - SP), foi candidata à Prefeitura de São Paulo em 2020

A eleição para a Prefeitura de São Paulo em 2020 foi marcada pelo diálogo. Os candidatos e seus vices apresentaram ideias e projetos em entrevistas, sabatinas e debates.

Entretanto, as oportunidades não foram aproveitadas pelo então candidato Ricardo Nunes (MDB), vice na chapa de Bruno Covas (PSDB). Ele se escondeu. Agora, o ex-vereador assumiu a prefeitura da maior cidade do país e queremos saber: o que ele pensa?

Como ex-candidata à prefeitura, entendo que São Paulo merece mais do que “vou fazer o mesmo que o Covas”. Afinal, o que isso significa?

Bruno Covas, por exemplo, se contrapunha ao governo federal, mas Nunes nomeou como secretário executivo de mudanças climáticas o responsável pela desastrosa agenda “ambiental” de Bolsonaro.

A tragédia da Covid-19, marcada pela inércia e incompetência federal, pede a liderança do prefeito na nossa cidade. Em relação às vacinas, há uma distribuição desigual que privilegia áreas centrais. Como resolver?

Mesmo com a comprovação de eficácia, não existe distribuição gratuita de máscaras PFF2. Também não há estratégia clara de testagem e monitoramento de novos casos. O que Nunes propõe para combater a Covid?

A pandemia trouxe novos desafios e acentuou velhos problemas. O desemprego só aumenta, e o número de pessoas em situação de rua cresce junto à fome. O que será feito para gerar empregos, renda e oportunidades?

Pergunto isso pois, durante a campanha, enquanto éramos questionados à exaustão sobre o que faríamos de diferente na segunda onda da pandemia, o atual prefeito não estava lá.

Os desafios são inúmeros, e sabemos que a população negra é a principal em situação de vulnerabilidade e violência, dados que exigem uma atuação antirracista. Qual é o plano?

Outro tema fundamental é a educação. A volta às aulas presenciais deve ser tratada como prioridade absoluta, de forma segura para crianças, profissionais da educação e famílias. Como o senhor prefeito vai agir?

Políticas públicas para a primeira infância (de 0 a 6 anos) são capazes de quebrar o ciclo de desigualdade. É preciso assegurar que crianças tenham acesso a alimentação, vacinação, creche e saneamento básico. Isso, inclusive, abria o caderno de propostas da chapa Covas-Nunes. O que vimos até aqui, porém, foi o enfraquecimento do tema. Nunes fará o que estava no papel ou o retrocesso?

Para 2021 está prevista a revisão do mais importante instrumento de planejamento urbano. A oportunidade ocorre a cada dez anos e pede participação popular. Pela pandemia, a maioria dos participantes e especialistas pediu o adiamento. Nunes sugeriu um debate on-line.

É possível fazer isso em uma cidade em que menos de 50% da população tem acesso à internet? O que deve nortear a revisão: o desenvolvimento sustentável de São Paulo e boas políticas habitacionais ou o interesse exclusivo do setor imobiliário?

Queremos saber o que o prefeito pensa sobre meio ambiente e sustentabilidade, segurança pública, empreendedorismo e inovação, mulheres, zeladoria e cultura.

Ricardo Nunes, como não te conhecemos ainda, que tal se apresentar?


  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.