'Sugiro que a cúpula da igreja também consulte psiquiatras', diz leitor

Papa recomendou que pais recorram à psiquiatria ao constatar tendência homossexual nos filhos

Igreja Católica

Sugiro que a cúpula da igreja, os bispos e os párocos também consultem psiquiatras (Papa recomenda psiquiatra para crianças gays”). Como é possível que ocorram tantos casos de pedofilia nos domínios da igreja? Esses crimes, quando descobertos, não devem ser tratados no âmbito estrito da instituição católica. Devem ser punidos com base no direito positivo dos países onde ocorreram.

Renan Reginato (Osasco, SP)

 

As autoridades religiosas têm desnudado e punido a hipocrisia daqueles que pregam valores e não os praticam (“Pedofilia assombra o Vaticano”). Condenar uma fé por atos de alguns é, também, um exagero. Punam-se os culpados, mas poupe-se a fé de milhões. 

Jose Rodolpho Perazzolo (São Paulo, SP)


Eleições

Empresários e políticos que doam fortunas às campanhas de candidatos o fazem sem exigir nada em troca? Será que são somente bons samaritanos? Poupem-me (“Empresários políticos de alto patrimônio bancam 93% de grande doações”).

Celso Heladio Pereira Ortiz (São Paulo, SP)

 

Ótima ferramenta o Match Eleitoral (“Olho no Congresso”). Espero que seja apenas um “start” para, nas próximas eleições, levá-la a todos os estados. Quem sabe, até lá, este sistema nonsense de se escolher um e se ver representado por outro seja banido deste país.

Adriana Zardo (Balneário Camboriú, SC)

 

Se formos relativizar a aplicação das regras do Estado de Direito, com certeza voltaremos à barbárie (“Uma ideia em troca de dinheiro”). Não se trata de cercear a liberdade de expressão de influenciadores ou de formadores de opinião, mas, sim, de cumprir a mesma lei que vale para todos. Difundir ideias sob o manto do anonimato de quem pagou para difundi-las não é apenas um crime, é um atentado à democracia, o vale-tudo do “em eleições a gente faz o diabo”. Mas o diabo mora nos detalhes e costuma se voltar para quem o soltou.

Idelson Alan Santos (Brasília, DF)

 

Dá vontade de chorar ao ver o cenário com os três candidatos a deputado federal (“Trio calafrio”). O pior é que devem se eleger com folga. Depois, ninguém sabe como o Rio chegou a esse buraco de violência e abandono.

Adriana Maccacchero (Rio de Janeiro, RJ)


Hospitais psiquiátricos

O Ministério da Saúde esclarece que os reajustes anunciados em 2017 incentivam a menor permanência dos pacientes em leitos psiquiátricos e a desospitalização. Comparadas a 2009, as internações inferiores a 90 dias receberam um aumento médio de 65%. Já as internações superiores a esse período, 32,5%. O texto usa portaria intermediária desse histórico para comparação. As medidas buscam qualificar o uso dessa opção, necessária em casos clínicos graves, e garantir a melhor assistência aos pacientes.

Renato Strauss, chefe da assessoria de imprensa e informação do Ministério da Saúde


PARTICIPAÇÃO

Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@grupofolha.com.br.​

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.