Vários delegados achavam que Bolsonaro seria o mito da segurança pública, diz leitor

Presidente atropelou comando da Polícia Federal carioca ao anunciar troca de superintendente

Não era o PT que tinha sucateado a PF? Conheço vários delegados federais que votaram em Bolsonaro porque achavam que ele seria o mito da segurança pública ("Delegados cogitam demissão coletiva após Bolsonaro tentar intervir na PF do Rio"). Estudaram demais para o concurso e se esqueceram de se informar.

Felix Miglioranza (Francisco Beltrão, PR)

O presidente Jair Bolsonaro - Fernando Frazão/Agência Brasil

A Folha como sempre não entende ou distorce a realidade. Bolsonaro é o chefe do chefe do chefe do superintendente regional. Ele poderia simplesmente dar a ordem a Moro que a repassaria para baixo. Por seu estilo, ele dá a ordem diretamente ("Interferência de Bolsonaro provoca queda de braço com Moro e Polícia Federal"). Isso dá transparência e agilidade a seu governo. Para isso, ele foi eleito. Quem não gostar que aguente. Como eu e milhões aguentamos o PT. É a democracia.

Heriovaldo Ramos da Silva (Santo André, SP)

A polícia tem que responder à pergunta ("Bolsonaro diz a deputado que não tem noção de paradeiro de Queiroz"). Tem investigação aberta? Foi realizada alguma diligência a fim de localizá-lo? O que a família dele diz?

Lisiane Vieira Ortiz Martinez (Bagé, RS)

Perde milhões da Alemanha e da Noruega: "Não precisamos desse dinheiro" ("'Ministros estão apavorados', afirma Bolsonaro sobre risco de governo parar"). E vai piorar. O boicote ao país e aos nossos produtos está em marcha. Por que será?

Ranulfo Félix Júnior (Piracicaba, SP)

Quem está arrasado mesmo são aqueles que estão há dois anos procurando emprego, não conseguem obtê-lo e não veem nenhuma medida para a mudança dessa situação ("Michelle está arrasada, diz Bolsonaro após revelações sobre família")

Antonio Lopes (São Bernardo do Campo, SP)

Que culpa tem Michelle Bolsonaro por ter tais parentes? Essa realidade a torna ainda mais admirável, muito ao contrário dos que atiram covardes comentários à sua pessoa.

José de Sousa Santos (Teresina, PI)


Alexandre Frota

Triste fim do partido que ajudou a articular o golpe contra Dilma, mas que já teve figuras como Mário Covas ("Aécio não constrange, meu partido tinha Queiroz, diz Frota ao se filiar ao PSDB").

Geraldo Magela Sobrinho (Belo Horizonte, MG)

Muito boa a entrevista com Alexandre Frota ("'Bolsonaro não é burro, mas um idiota ingrato que nada sabe, diz Alexandre Frota"). Alexandre Frota parece estar agora com saudade do tempo em que habitava numa democracia e achava pouca a liberdade.

Vera Maria da Costa Dias (Porto Alegre, RS)


Amazônia

A Amazônia Legal brasileira tem cerca de 5,2 milhões de km2. Se desmatarem 5.000 km2 ao ano, levarão mil anos para extingui-la ("ONG aponta alta de 15% na taxa de desmate da Amazônia e confirma tendência"). Vou dormir em paz.

Aladim Ferreira (Brasília, DF)


Lula

O processo contra Lula foi tão manipulado que é impossível, com base nos autos, concluir se ele é ou não culpado ("Lula diz que vai provar, da cadeia, que Moro e Deltan são bandidos"). Qualquer pessoa tem direito a um julgamento justo, até Moro, no momento apropriado.

Richard Lourenção (Curitiba, PR)

O ex-presidente Lula concede entrevista a Bob Fernandes para a TVE Bahia - Reprodução/Youtube

Esse discursinho bobo não engana mais ninguém.

Edmundo Nascimento (São Paulo, SP)


Jean Wyllys

Jean Wyllys e Bolsonaro são faces da mesma moeda: a da agressividade e do propósito de que o mundo seja homogêneo em consonância às suas convicções sexuais e políticas ("Autobiografia aponta discriminação como dor e redenção de Jean Wyllys"). Ambos são nocivos, por razões antagônicas, mas por atuações análogas. Por fim, renúncia e exílio continuam mal explicados.

Dalton Matzenbacher Chicon (Florianópolis, SC)

Jean Wyllys é um guerreiro que será lembrado por muitas décadas. Seus adversários também, mas como uma página infeliz de nossa história. Siga sua luta de onde estiver.

Carlos Fernando Fortuna Lopes Prazeres (Salvador, BA)

O lugar certo das pessoas que lutam por um objetivo é na trincheira, e não num "exílio".

Silvio Lima (Camaragibe, PE)


Desigualdade global

Parabéns pelo texto "Resposta à desigualdade na África do Sul pode ser caótica, diz economista". Sou professora na rede estadual e estou trabalhando o apartheid com os meus alunos. O que realmente mudou após o fim do regime de segregação?

Raquel Martins Torrent (Visconde do Rio Branco, MG)


Colunistas

Chamar Jerusalém de "capital" das três grandes religiões, ainda que entre aspas, me parece um tanto exagerado ("Recuos e entregas", de Fernando Haddad). Se assim for, que se providencie a mudança do Vaticano e da Kaaba para aquela cidade.

Benjamin Wainberg (São Paulo, SP)

Somos uma sociedade que ignora as evidências científicas de um fato ("Zero de visão", de Hélio Schwartsman). Aqui, o que importa é a opinião. Para que olhar estatísticas se a minha opinião sobre o assunto é o que importa?

Giselle Munhoz Alves (Curitiba, PR)


Peter Fonda

Marco e metáfora de um tempo em que a liberdade era um valor em alta, diferentemente do que temos hoje pelo mundo e no Brasil em particular ("Morre Peter Fonda, selvagem de 'Easy Rider', aos 79 anos").

Paulo Ribeiro (Rio de Janeiro, RJ)


PARTICIPAÇÃO

Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@grupofolha.com.br.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.